Como resolver conflitos de partilha entre crianças da pré-escola

Escrito por sam grover | Traduzido por débora santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como resolver conflitos de partilha entre crianças da pré-escola
As crianças da pré-escola podem ser ensinadas a compartilhar, através de elogios, comunicação e exemplos positivos (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

As crianças da pré-escola têm que interagir com outras, mas ainda não adquiriram habilidades sociais para isso. A necessidade de compartilhar inevitavelmente leva as crianças entre três e cinco anos ao conflito, já que a demanda por brinquedos e ferramentas para atividades quase sempre irá exceder a oferta. Felizmente, as crianças aprendem rápido e não é muito difícil ensiná-las o valor da partilha.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Elogie a criança quando ela compartilhar. Isso irá estimulá-la a tentar receber um retorno positivo compartilhando com mais frequência e, dessa forma, começando a tratar os problemas de compartilhamento pela raiz.

  2. 2

    Dê exemplos de bom comportamento, em relação à dividir as coisas, o máximo possível. Se você tem algo que interessa a uma dessas crianças, ofereça compartilhar isso com ela. Você não precisa fazer isso sempre, mas deve dar um exemplo e fazê-lo de vez em quando.

  3. 3

    Em meio a um conflito sobre um brinquedo ou outro item, explique às crianças que nem sempre as pessoas estão com vontade de dividir. Isso irá incentivar a criança que não queira compartilhar a pensar sobre suas ações e também incentivar as outras crianças a encontrarem outra coisa para brincar.

  4. 4

    Coloque um temporizador para as crianças se revezarem no uso de um brinquedo que seja popular. Essa abordagem ajuda-os a entenderem melhor o conceito de partilha e a perceber que é possível que mais de uma criança brinque com o mesmo brinquedo.

  5. 5

    Foque no comportamento, não na personalidade, quando você advertir as crianças por se recusarem a dividir. Um comportamento possessivo não é necessariamente um sinal de uma personalidade egoísta e não deve ser tratado como tal. As crianças dessa idade ainda estão aprendendo a compartilhar, portanto, pegue leve e não as castigue. Em vez disso, converse com elas. Certifique-se de que elas entenderam que o comportamento delas, e não suas personalidades, está desapontando você.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível