Você pode rodar com pneus desagregados até eles alinharem?

Escrito por richard rowe | Traduzido por valeria jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Você pode rodar com pneus desagregados até eles alinharem?
Amortecedores em mau estado são o principal causador de desagregamento dos pneus (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Um bom mecânico é como um mago dos carros, pode pegar a mais ínfima das pistas e saber a causa de um problema e o meio para a sua solução. O pneu desagregado não é o padrão de desgaste mais comum por aí, mas é uma das mais graves e conta, em termos, para o diagnóstico da condição do chassi.

Outras pessoas estão lendo

Desagregamento

Em termos de padrões de desgaste do pneu, o "desagregamento" refere-se a uma série de gastos regulares que aparecem na borda exterior da banda de rodagem de um pneu. Também chamado de "desgaste irregular", esses gastos, se olhados de fora, parecem um pote de sorvete no qual alguém deu várias colheradas na borracha. Este tipo de desagregamento não deve ser confundido com as marcas que muitas vezes ocorrem nos pneus largos de arrancada. Neste contexto, as marcas ocorrem quando a pressão de enchimento do pneu está muito baixa e o centro do pneu curva para cima ou desagrega em alta velocidade.

Causas do desagregamento

O desagregamento é um sinal de ressalto rápido do pneu ou da oscilação de lado a lado. Não há uma única causa por trás de tal ressalto ou das oscilações, qualquer componente que prende a roda no carro é suspeito. Amortecedores gastos deixarão de controlar o movimento da roda, permitindo que os pneus deformem e desalinhem. As buchas de suspensão e juntas da balança são suspeitos secundários, seguidos pelos rolamentos de roda e pelos pivôs da barra de direção. Os dois últimos, no entanto, devem apresentar sintomas perceptíveis - vibração através do volante e chassi — bem antes do desagregamento se tornar um problema.

Dirigir com pneus desagregados

Alguns afirmam que o desagregamento não é necessariamente uma sentença de morte para os pneus, desde que o ponto mais baixo na banda de rodagem não se estenda para além da marca do TWI. Depois de ter corrigido o que está causando o desagregamento, os pontos altos da banda de rodagem vão ser gastos muito mais rapidamente do que os pontos baixos, o que deve suavizar os pontos mais baixos ao longo do tempo. O rodízio dos pneus pode ajudar a acelerar a suavização do pneu, já que fazê-lo, pelo menos, mudará a frequência de oscilação agindo sobre esse pneu.

Não dirigir com pneus desagregados

Embora seja verdade que o conserto da causa do problema e dirigir com pneus desagregados possa, eventualmente, suavizá-los, o fato é que os pontos baixos na banda de rodagem vão continuar a serem usados, assim como os pontos altos. Com certeza, eles vão gastar mais lentamente, mas mesmo na melhor das hipóteses, você está usando um pneu com uma séria - se suave - faixa careca em torno da borda. A partir desta perspectiva, qualquer desagregamento é a sentença de morte para o seu pneu e um sinal de que ele precisa ser substituído o mais rápido possível.

Conclusão

Desde que você tenha substituído os amortecedores gastos, buchas ou componentes de suspensão relevantes, dirigir com um pneu desagregado acabará alisando-o de alguma forma. Mas isso é como dizer que, mais cedo ou mais tarde, o vento acabará causando erosão nas montanhas. Na verdade, ele vai, mas ele também vai corroer os vales entre as montanhas e criar depressões baixas na paisagem. É um jogo de tempo e condições específicas e provavelmente você vai perder. Considerando a probabilidade e as consequências da falha do pneu após o desagregamento, a melhor coisa a fazer é substituir o pneu desagregado, mais cedo ou mais tarde.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível