Como sensores de estacionamento funcionam?

Escrito por vaughnlea leonard | Traduzido por ana carolina
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como sensores de estacionamento funcionam?
O sensor mede a que distância os objetos estão (car image by Edvin selimovic from Fotolia.com)

Outras pessoas estão lendo

O que é um sensor mesmo?

Quando alguém fala de "sensor", ele provavelmente está se referindo a uma ferramenta que vai permitir mensurar uma mudança em algum objeto. Esse objeto pode ser movimento ou mudança na pressão do ar ou uma combinação dos dois. Sensores podem ser feitos praticamente de qualquer coisa. Plástico, alumínio e outros condutores finos são materiais muito comuns. Para que os sensores funcionem de maneira apropriada, eles geralmente são montados em algo que esteja fixo. Porém existem opções sem fio também.

Sensores de estacionamento

Um sensor de estacionamento é um dispositivo de segurança que pode ajudar as pessoas a reconhecerem vários perigos da estrada. Os sensores são geralmente presos próximos à lanterna traseira dos seus veículos. Eles usualmente funcionam mandando ou recebendo ondas de rádio, bem parecido com um radar ou um aparelho de som, por exemplo. Um mini computador dentro de uma caixa registra as ondas eletromagnéticas, que reverberam na superfície de determinado objeto. Alguns sensores de estacionamento podem determinar o quão longe está um objeto analisando o comprimento ou a frequência da onda emitida pelo objeto. Algumas ondas no espectro eletromagnético têm determinados comprimentos e tamanhos. Um sensor de estacionamento pode medir esses tipos de ondas e dizer o quão grande ou pequeno um objeto é, ou determinar a que velocidade ele está. Objetos grandes emitem, principalmente, diferentes tamanhos de comprimento de onda. Objetos grandes que se movem rapidamente refletem um perfil de onda completamente diferente. O mesmo vale para objetos pequenos.

Sensores de estacionamento sem fio e ultrasônicos

Modelos mais antigos de sensores de estacionamento geralmente mostram problemas em condições adversas de tempo e temperatura. Isso ocorre porque muitos sensores usam tecnologia supersônica e sem fio. Ondas supersônicas geralmente tem alta frequência e são curtas em comprimento. Isso significa que elas são muito fortes e podem difundir através de muitas substâncias, mais do que aquelas ondas que são emitidas por sensores de estacionamento comuns. Um transdutor é responsável por emitir um feixe supersônico de uma caixa sensora. Pelo fato do ouvido humano não escutar as ondas supersônicas, os sensores estão equipados com um dispositivo de alerta dentro da própria caixa. Eles também podem estar ligados com uma TV, monitor, ou aparelho com uma câmera. Por outro lado, alguns consumidores alegam que a tecnologia supersônica incomoda muito. Para instalar um sensor de estacionamento, você vai precisar de vários sensores diferentes colocados na lanterna traseira ou no para-choque. Consumidores frequentemente reportam que sensores de estacionamento eletromagnéticos dão menos trabalho para instalar e menos manutenção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível