Sobre dor na panturrilha

Escrito por r.j. bowman | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre dor na panturrilha
Dor na panturrilha não é incomum em pessoas que praticam exercícios todos os dias (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A panturrilha é constituída de dois músculos, o gastrocnêmio e o sóleo. Juntos, eles elevam e abaixam o calcanhar. O gastrocnêmio eleva e abaixa o calcanhar quando a perna está esticada, enquanto o sóleo faz o mesmo quando o joelho está dobrado. Dores na panturrilha não são incomuns entre aqueles que se exercitam diariamente, mas nem toda dor é relacionada às atividades físicas. Nunca é normal sentir dor e, se ela persistir, é necessário consultar um médico.

Outras pessoas estão lendo

Estiramento muscular

A causa mais comum de dor na panturrilha é estiramento muscular. Na panturrilha, ele geralmente ocorre devido ao fato de não se alongar o bastante antes ou após uma rotina de treinos, ou por forçar muito o corpo. Os estiramentos podem levar de dias a meses para curar, dependendo da gravidade. Se a pessoa ignorar o estiramento inicial e continuar a exercitar a panturrilha, é provável que o problema seja agravado. O melhor remédio para curar estiramentos na panturrilha é descansar o máximo possível, aplicar gelo na lesão, com compressas. Por fim, eleve a perna o máximo possível para ajudar a reduzir o inchaço. Se o estiramento não melhorar dentro de uma ou duas semanas, procure ajuda médica.

Cisto de Baker

Por vezes, muito fluido pode se acumular no joelho, o que forma um tipo de cisto chamado de cisto de Baker. Se ele se romper, a pessoa sentirá muita dor na parte de trás do joelho e por toda a panturrilha. O cisto de Baker normalmente é causado por uma condição chamada de artrite. Na maioria dos casos, tratar a causa do cisto é a melhor forma de lidar com esse tipo de dor. Um médico pode ajudar a determinar o que causou o cisto e o tratamento necessário para evitar que ele volte.

Coágulos de sangue

Quando há algum corte, o sangue deve se coagular do lado de fora do corpo, para formar "casquinhas" que protegem o corpo contra a entrada de bactérias, mas, às vezes, os coágulos se formam internamente, o que é muito perigoso. Coágulos sanguíneos na perna podem se soltar e ir para o coração, pulmões ou cérebro, causando condições graves e que constituem ameaça à vida. Os coágulos na perna normalmente começam como dores latejantes na panturrilha. A área começa a se tornar dura ao toque e fica vermelha, depois azul ou branca, conforme o fluxo sanguíneo vai sendo interrompido. Qualquer indivíduo que suspeite de um coágulo sanguíneo deve procurar um médico imediatamente.

Cãibras musculares

Uma das formas mais comuns de dor na panturrilha é decorrente de cãibras musculares. As cãibras são mais comuns após exercícios aeróbicos. Cãibras nas pernas também são comuns em gestantes. A melhor forma de prevenir cãibras nas pernas é alongar-se bem antes de fazer exercícios e tomar bastante água, pois a desidratação pode ocasionar cãibras. Se tiver alguma cãibra, um analgésico comum poderá amenizar a dor, assim como bolsas de água quente no local.

Outras causas de dor na panturrilha

A dor na panturrilha também pode ser causada por deficiências na dieta, como falta de potássio ou cálcio. Dores constantes também podem ser explicadas por alguma lesão que exija um olhar mais cuidadoso sobre a dieta da pessoa. Exames de sangue podem ser feitos para constatar tais deficiências. Baixos índices de açúcar no sangue podem causar cãibras no músculo. Além disso, em casos raros, a dor pode ser causada por algum transtorno no sistema nervoso. Um médico verificará qualquer dor recorrente que não tenha sido causada por exercícios ou por alguma lesão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível