Sobre a Teoria Hipodérmica da Comunicação de Massa

Escrito por keith evans Google | Traduzido por diego feijo cabral silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre a Teoria Hipodérmica da Comunicação de Massa
Comunicação de massa (tv mundial image by António Duarte from Fotolia.com)

O mundo das comunicações é carregado de tantas teorias que muitos departamentos de comunicações colegiais exigem que seus estudantes completem cursos inteiros com nada além de teorias. Algumas delas são universalmente aceitas e continuarão a ser num futuro próximo. Outras, como a Teoria Hipodérmica da Comunicação de Massa, têm sido amplamente relegadas à obsolescência. Este artigo vai explorar a história, conceitos e época da Teoria Hipodérmica, bem como alguns dos fatores de mudança que levaram ao seu declínio.

Outras pessoas estão lendo

História

As origens iniciais da Teoria Hipodérmica são bastante desconhecidas, e a pesquisa sobre o seu fundador é prejudicada pela generalidade que envolvia a análise dos meios de comunicação nas primeiras décadas do século XX. A Teoria Hipodérmica, também conhecida como "Teoria da Bala Mágica" e "Teoria da Agulha Hipodérmica," parece ter surgido em meio à saturação da propaganda e outros filmes persuasivos tornados públicos nos anos imediatamente posteriores à Primeira Guerra Mundial e nos vários anos que culminaram na Segunda Guerra Mundial. Embora não seja plenamente reconhecido como o teórico original, Harold Lasswell pode ter refinado e introduzido a teoria Hipodérmica em seu livro de 1927, "Propaganda Technique in the World War" (Técnica de Propaganda na Guerra Mundial, em tradução livre). No entanto, conforme as tendências dos meios de comunicação foram mudando e o entendimento dos efeitos de transmissão amadureceu, a indústria das comunicações se afastou consideravelmente da Teoria Hipodérmica em favor da crença em uma audiência mais dinâmica e inteligente.

Premissa

A premissa característica da Teoria Hipodérmica é de que a comunicação, como uma agulha hipodérmica, injeta a mensagem diretamente no receptor. O receptor aceitará então totalmente a mensagem e responderá em um padrão previsível.

Período

Embora sua origem exata permaneça desconhecida, a Teoria Hipodérmica parece ter ganhado destaque na décade de 1920. Ela alcançou aceitação quase total durante as décadas de 1930 e 1940, antes de ser desacreditada em grande escala pelos teóricos progressistas na décade de 1950.

Importância

Apesar de sua validade duvidosa, a Teoria Hipodérmica foi aplicada generosamente durante a preparação para a Segunda Guerra Mundial. Talvez uma das mais famosas aplicações da teoria, o filme de propaganda nazista "O Triunfo da Vontade" ainda é analisado por estudantes e professores de comunicação e afins por seu chamado hipnotizante ao serviço obediente. Outra aplicação famosa da teoria se deu com a transmissão de "A Guerra dos Mundos", em 1938; como os ouvintes acreditaram na história que estavam ouvindo, o pânico e a disparidade resultantes pareceram reforçar os conceitos da Teoria Hipodérmica.

Declínio da teoria

Durante os primeiros anos da transmissão em massa e mesmo durante a década de 1940, a Teoria Hipodérmica aparentava ser legítima. Certamente, a propaganda exibida por todos os lados durante e imediatamente antes da Segunda Guerra Mundial parecia reforçá-la, persuadindo receptores com mensagens a serem seguidas em um padrão desejado de conformidade e apoio. Depois que a guerra passou e os estudos de comunicação progrediram para campos mais avançados, a Teoria Hipodérmica tornou-se amplamente desacreditada. Uma das maiores contribuições para a sua queda foi a pesquisa conduzida por Marshall McLuhan; suas teorias sobre "o meio é a mensagem" e outros conceitos de comunicação que abriram as portas para uma compreensão avançada de um mercado midiático que estava aprendendo, crescendo e mudando.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível