Como solucionar problemas em alternadores Bosch

Escrito por don bowman | Traduzido por andressa gonzalez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como solucionar problemas em alternadores Bosch
Os alternadores Bosch possuem um fio principal de bateria na parte traseira e um conector de plástico com três fios (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Os alternadores Bosch possuem um fio principal de bateria na parte traseira e um conector de plástico com três fios. Os fios são verde, preto e marrom. Há diversos segmentos que podem falhar -- sendo todos substituíveis. Na maioria das vezes, um alternador falha em etapas, reduzindo eficazmente a quantidade de carga disponível para a bateria. O trio diodo é geralmente o culpado. Os diodos convertem a onda do sinal de corrente alternada em uma corrente contínua utilizável com pouca pulsação.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Voltímetro ou ohmímetro
  • Cabo de chupeta para bateria

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Verifique se o problema é o alternador ou o regulador, desconectando o conector elétrico de plástico e colocando o cabo de chupeta para bateria no terminal que abriga o fio verde (fio carregador de 12 volts) e o fio marrom (fio de campo). Ao realizar a chupeta no fio de 12 volts e no fio de campo marrom, você terá, efetivamente, tirado o regulador de tensão do circuito. Agora, o alternador está descontrolado e, se estiver bom, produzirá uma tensão maior. Quanto mais rotações por minuto, maior será a tensão descontrolada; dessa forma, será melhor não operar o motor acima de 1.300 rotações por minuto, pois a tensão resultante poderá ser de 18 volts ou mais e queimar as luzes e vários circuitos. É aconselhável que o motor esteja apenas em uma inatividade rápida.

  2. 2

    Ligue o motor. Mantenha as rotações por minuto em 1.300 -- não superiores. Confira os terminais da bateria com o voltímetro, colocando o fio vermelho no terminal positivo e o fio preto no terminal negativo. A tensão deverá ser de 13,5 a 14 volts. Se ela estiver nessa variação, significará que o alternador, de fato, estará colocando a tensão para fora. Se a tensão não subir acima da voltagem da bateria -- 12 volts -- o alternador não estará liberando tensão suficiente. Se o alternador não estava carregando, mas carregar quando não estiver sendo controlado pelo regulador, significa que o regulador não está funcionando e que precisará ser substituído. Na maioria dos casos, a menos que esteja inclinado mecanicamente, é mais fácil apenas substituir o alternador, pois o regulador de tensão está dentro dele e precisará ser desmontado para ser substituído.

  3. 3

    Teste os diodos desconectando o fio verde da luz de carga. Conecte o fio vermelho do voltímetro a esse fio e o fio preto a um bom ponto terra. Ligue o voltímetro para obter a variação de ohms. Os ohms deverão estar na casa dos milhares. Inverta os fios e os ohms diminuirão para 300 ou 400. Leituras vastamente inferiores indicam maus diodos.

  4. 4

    Teste as escovas do alternador, ligando o fio vermelho do voltímetro ao fio de campo marrom no alternador e o fio preto a um bom ponto terra. O ohmímetro deverá ler 4 ohms ou menos. Se ler mais, as escovas estão ruins.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível