Soluções para derramamentos de petróleo

Escrito por cleveland van cecil | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O derramamento de petróleo pode ser uma ameaça ecológica perigosa para as praias, águas subterrâneas, saúde animal e humana. Ele também é difícil de limpar. Todos os derramamentos de petróleo são diferentes. Fatores ambientais, humanos e animais criam uma infinita variedade de variáveis ​​que mudam a maneira pela qual um derramamento pode ser tratado. Existem soluções para derramamentos de petróleo, que geralmente são verdadeiras, não importando qual seja a situação. Este artigo explica as quatro principais formas de lidar com um derramamento de petróleo.

Outras pessoas estão lendo

Escumação

Um método popular para limpar derramamentos de petróleo é escumá-lo da água usando equipamento de escumação com sistemas de filtragem fina. O derramamento é primeiro contido utilizando barragens, então o petróleo, o qual foi recolhido formando uma camada uniforme, é retirado da superfície. As barragens podem ser feitas de tubos de neopreno ou de um material mais sólido.

Degradação natural

Se o petróleo não irá provavelmente poluir áreas de pesca ou regiões costeiras, a melhor maneira de lidar com um derramamento de petróleo é deixá-lo desaparecer naturalmente. A corrente, sol e vento farão com que o petróleo se dissipe ao longo do tempo.

Dispersantes

Os dispersantes são produtos químicos que quebram a tensão que mantém o petróleo e a água separados. Quando o petróleo é pulverizado com um dispersante, ele se agrupa em gotículas menores e afunda. Isso permite uma maior desagregação natural.

Ajudantes biológicos

Outro método é liberar agentes biológicos na água para ajudar a promover a degradação. Agentes fertilizantes, tais como o nitrogênio e fósforo, estimulam as bactérias da água. Isso ajuda a dispersar o petróleo e degradá-lo naturalmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível