Teleobjetivas usadas por profissionais em câmeras SLR

Escrito por alexander sam | Traduzido por augusto morgante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Teleobjetivas usadas por profissionais em câmeras SLR
Fotógrafos profissionais contam com teleobjetivas em uma variedade de eventos diferentes, como casamentos (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Fotógrafos profissionais geralmente utilizam um sistema de lentes intercambiáveis SLR para seus trabalhos fotográficos. Diferentes lentes podem ser usadas para enfrentar uma variedade de diferentes situações. Para objetos à distância, os fotógrafos usam lentes telefoto (ou teleobjetivas), que estão disponíveis em dois formatos: lentes zoom e lentes primárias com distância focal fixa. As teleobjetivas normalmente subdividem-se em três categorias, conforme seu alcance focal: curtas, de médio alcance e supertelefoto.

Outras pessoas estão lendo

Utilizações primárias das teleobjetivas

Fotógrafos profissionais contam com teleobjetivas em uma ampla variedade de situações fotográficas. Sua capacidade de levar o fotógrafo até mais perto do objeto as faz bastante adequadas para fotografar esportes, casamentos, eventos de moda e animais selvagens na natureza. Lentes profissionais com maior abertura -- F/1.4 a F/2.8 -- são frequentemente usadas para eventos internos ao se fotografar em situações de pouca luz, enquanto que lentes com abertura F/4 são utilizadas ao ar livre, quando a iluminação disponível é suficiente.

Teleobjetivas curtas

Teleobjetivas curtas situam-se, aproximadamente, entre os alcances focais de 85 mm a 105 mm. Elas são chamadas assim porque seu alcance é maior que o normal, de 50 mm. Fotógrafos profissionais geralmente usam esse alcance focal para retratos, pois a cabeça e os ombros do sujeito costumam ser as únicas partes do corpo à mostra. As lentes desse tipo comumente escolhidas pelos profissionais têm uma abertura de F/2.8 ou maior, normalmente F/1.8, F/1.4 ou F/1.2, para dar um efeito "bokeh" (fundo desfocado) à fotografia. Alguns exemplos de lentes dessa categoria utilizadas são a Canon EF 85mm F1.2L II USM, a Canon EF 100mm F2.8L IS USM, a Nikon AF-S 85mm F1.4G FX e a Nikon AF-S 105mm F2.8G VR IF-ED.

Teleobjetivas de médio alcance

Teleobjetivas de médio alcance geralmente se enquadram na categoria de 135 mm a 300 mm. Os fotógrafos profissionais contam tanto com lentes primárias quanto com lentes zoom dentro desse alcance focal para capturar detalhes distantes em paisagens e para fotografar pessoas à distância. Muitas dessas teleobjetivas possuem grandes aberturas na faixa de F/2.0 a F/2.8, o que ajuda a dar um efeito "bokeh" a retratos e a objetos isolados. Algumas opções comuns de lentes dentro desse alcance focal são a Canon EF 70-200mm F2.8 L IS II USM, a Nikon AF-S Nikkor 70-200mm F2.8 G ED VR II, a Nikon AF DC-NIKKOR 135mm f/2 D e a Canon 300mm f/2.8 IS II L.

Super-teleobjetivas

O termo "super-teleobjetiva" é usado para descrever lentes com alcance focal superior a 300 mm. Elas são utilizadas por fotógrafos profissionais especializados em natureza para capturar a vida selvagem em seu habitat natural, a exemplo de animais de safári ou pássaros. Essas lentes são de tamanho consideravelmente grande e necessitam do uso de um monopé ou tripé para mantê-las estáveis. Super-teleobjetivas possuem aberturas ou de F/2.8 ou de F/4. Alguns exemplos de lentes profissionais desta categoria são a Nikon Nikkor 400mm f/2.8D AF-S ED-IF II, a Nikon AF-S Nikkor 600mm f/4G ED VR, a Canon 500mm f/4 L IS II e a Canon 600mm f/4 L IS II.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível