O que é o Teorema de Thomas na sociologia?

Escrito por colby phillips | Traduzido por fernanda de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é o Teorema de Thomas na sociologia?
O Teorema de Thomas é usado para explicar comportamento econômico (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Em 1928, o sociólogo William Isaac Thomas formulou uma declaração que mais tarde tornou-se conhecida como o Teorema de Thomas: "Se os homens definem situações como reais, elas são reais em suas consequências". Thomas contribuiu também com a "definição da situação", frase que significa que tudo o que conta como real, em qualquer situação, é o resultado de um consenso entre as partes. Juntas, essas declarações foram absorvidas em uma teoria geral, conhecida nas ciências sociais como a construção social da realidade.

Outras pessoas estão lendo

Interpretações

A formulação do Teorema Thomas é ambígua. Pode significar "as consequências de uma situação se dão de acordo com como ela é percebida, não do jeito que ela realmente é" ou "o poder de definir uma situação inclui o poder sobre suas consequências". Também poderia simplesmente significar "crenças têm consequências, independentemente de serem verdadeiras". Se Thomas estava referindo-se às profecias autorrealizáveis​​ ou expressando ceticismo sobre a existência de um mundo objetivo, depende de como a declaração é interpretada.

Exemplos

Muitos dos exemplos dados em apoio ao Teorema de Thomas são do mundo da economia. Bolhas especulativas, corridas bancárias e outros tipos de comportamentos de autorreforço econômico - loops de feedback - podem ser vistos como exemplos de percepções criando suas próprias realidades.

Influência

O Teorema de Thomas influenciou uma geração de sociólogos, como Peter Berger, Robert Merton e Thomas Luckman. Em sua obra, "A Construção Social da Realidade", Berger aplicou as idéias de Thomas a instituições sociais e políticas, rituais religiosos e linguagem. Merton expandiu o Teorema de Thomas em seu trabalho sobre as consequências não intencionais e profecias autorrealizáveis.

Crítica

Frank van Dun ofereceu uma crítica ao Teorema de Thomas. Se o teorema significar "as consequências de uma situação que se acredita ser verdade são as mesmas que se for realmente verdade" ele é falso, pois não pode-se criar ou negar uma realidade. Se significar "as consequências de uma situação são reais, não importando o quão bem esteja definida" é trivial, pois reduz-se ao aforismo, "caia na real".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível