Como ter uma barriga chapada depois de uma cesárea

Escrito por julia derek | Traduzido por luciana ferraz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ter uma barriga chapada depois de uma cesárea
Os exercícios aeróbicos, como corridas, queimam a gordura da barriga (runners abs image by jimcox40 from Fotolia.com)

Conseguir uma barriga chapada após uma cesárea - especialmente depois de várias - pode ser difícil, mas não impossível. Antes de começar qualquer programa de exercícios, você deve primeiro consultar seu médico para ter certeza que seu corpo está pronto para se exercitar. Geralmente os médicos recomendam que as mulheres esperem entre seis e oito semanas após a cesárea para começar a fazer exercícios aeróbicos leves com foco em perda gradual de peso, seguido de exercícios abdominais moderados para tonificar a barriga. Lembre-se que você acabou de passar por uma cirurgia grande, portanto o corte deve estar totalmente cicatrizado antes que possa começar qualquer exercício para chapar a barriga.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Comece a praticar o movimento de encolher a barriga em direção à coluna assim que o bebê nascer, pois isto ajudará a ativar os músculos abdominais. Faça também exercícios de Kegel - comprimindo os músculos do assoalho pélvico como se estivesse tentando parar o fluxo da urina - diversas vezes ao dia; pratique sempre mantendo a barriga contraída. Como estes exercícios são suaves, eles não contam como a rotina de exercícios contínua que começará depois de muitas semanas.

  2. 2

    Faça exercícios aeróbicos para queimar gordura. Boas opções são caminhada intensa, corrida, ciclismo, natação e aparelho elíptico. Quanto mais peso tiver ganho durante a gravidez, mais vai demorar para sua barriga ficar reta.

  3. 3

    Faça uma dieta saudável e balanceada. Além de queimar gordura com exercícios aeróbicos, você deve também comer menos calorias do que seu corpo precisa para criar um deficit calórico. Os exercícios de fortalecimento de abdômen não removem a gordura sobre os músculos, isso acontece apenas com perda de peso.

  4. 4

    Inclua abdominais tradicionais à rotina. Certifique-se de incluir exercícios que foquem nos músculos abdominais em todos os ângulos. Comece com uma série de oito a 12 repetições em todos os exercícios abdominais e aumente para três séries conforme for fortalecendo.

  5. 5

    Trabalhe o abdômen superior fazendo abdominais modificados. Deite-se com as costas no chão, mantenha os joelhos dobrados e os pés no chão, então pressione a lombar contra o piso e inale profundamente. Ao exalar, eleve a cabeça, contraia os músculos do abdômen e puxe o umbigo em direção à coluna; inale conforme retorna o corpo à posição inicial. Eleve a porção superior do corpo conforme for fortalecendo.

  6. 6

    Trabalhe o abdômen inferior fazendo abdominais reversos. Eleve as pernas de modo que as coxas fiquem perpendiculares e as panturrilhas paralelas ao chão. Mantenha os braços estendidos ao lado do corpo e inale profundamente. Ao exalar, tente elevar a parte inferior do corpo do chão e traga a pélvis em direção ao peito; repita.

  7. 7

    Faça abdominais laterais para os oblíquos - cintura. Ainda deitada de costas no chão, mantenha as mãos nas orelhas e os cotovelos ao lado. Os joelhos devem estar na mesma posição dos abdominais reversos. Traga um joelho em direção ao peito, enquanto ao mesmo tempo torce o tronco de modo que o cotovelo oposto encontre o joelho, então estenda a outra perna e repita do outro lado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível