Testes diagnósticos para a síndrome compartimental na perna

Escrito por eric smith | Traduzido por raissa oliveira
Testes diagnósticos para a síndrome compartimental na perna
A síndrome compartimental das pernas causa dor muscular (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

A síndrome compartimental das pernas, ou síndrome compartimental crônica de esforço, é uma condição que causa dor nos músculos da perna durante o exercício. Vários testes são usados ​​para diagnosticar esse problema.

Raio X

De acordo com a "Mayo Clinic", radiografias tiradas das pernas podem identificar anomalias ósseas que podem contribuir para a síndrome de compartimento.

Tomografia computadorizada

A tomografia computadorizada consegue obter imagens da estrutura interna das pernas que mostram mais detalhes do que um raio-x.

Ultrassonografia

O ultrassom, ou testes de ultrassom Doppler, pode mostrar imagens nítidas de músculos e outras partes das pernas afetadas pela síndrome de compartimento.

Ressonância magnética

A ressonância magnética, ou MRI, fornece imagens da perna de um paciente que mostram detalhes que outros exames de imagem podem não identificar.

Medição da pressão do compartimento

O teste da pressão do compartimento mede a pressão no interior dos compartimentos do músculo de um paciente. Este teste é invasivo e requer a inserção de agulhas no compartimento de um músculo afetado.