Tipos de shell no Linux

Escrito por kevin walker | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de shell no Linux
"Shell" se refere a um programa usado para interpretar comandos (Goodshoot/Goodshoot/Getty Images)

No Linux e no Unix, "shell" se refere a um programa usado para interpretar os comandos digitados que o usuário envia para o sistema operacional. A analogia mais próxima com o Windows é o terminal do DOS. No entanto, ao contrário do Windows, o Linux e o Unix permitem que o usuário escolha que tipo de shell gostaria de usar.

Outras pessoas estão lendo

Shell Bourne

O shell Bourne original foi nomeado em homenagem a seu criador no Bell Labs, Steve Bourne. Foi o primeiro shell usado pelo sistema operacional Unix e foi superado em funcionalidade por muitos mais recentes. Entretanto, todas as versões do Unix e muitas do Linux permitem que o usuário mude para o shell Bourne original — conhecido simplesmente como "sh" — caso escolha renunciar a funções como o completamento de nomes de arquivos e histórico de comandos, acrescentados por shells posteriores.

Shell C

Como o nome sugere, o shell C foi desenvolvido para permitir que usuários escrevam programas shell script usando uma sintaxe muito semelhante à da linguagem C. É conhecido como "csh".

Shell TC

O shell TC é uma expansão do shell C — tem as mesmas características, mas acrescenta a habilidade de usar o interpretador de comandos do processador de texto Emacs para editar o texto na linha de comando. Por exemplo, o usuário pode pressionar Esc-D para apagar o restante de uma palavra destacada. Também conhecido como "tcsh".

Shell Korn

O shell Korn também foi escrito por um programador do Bell Labs, David Korn. Ele tenta mesclar as características dos shells C, TC e Bourne em um só pacote, além de incluir a função de permitir que o programador cria novos comandos conforme necessário.

É conhecido como "ksh".

Shell Bourne-again

O shell Bourne-again é uma versão aprimorada do Bourne original, criada pela Free Software Foundation como parte de seu projeto de código aberto GNU. Por essa razão, é um shell amplamente empregado pela comunidade do código aberto.

Sua sintaxe é semelhante à do shell Bourne, mas incorpora algumas das funções mais avançadas encontradas nos shells C, TC e Korn.

Entre as funções acrescentadas que estão ausentes no Bourne original estão a capacidade de completar nomes de arquivos ao pressionar a tecla TAB, a habilidade de lembrar o histórico recente de comandos e a capacidade de rodas múltiplos programas de uma vez.

É conhecido como "bash".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível