×
Loading ...

Tipos de sinais de alarme em um navio

Atualizado em 19 julho, 2017

Viajar em uma embarcação pode ser uma experiência prazerosa, no entanto, o oceano está repleto de perigo e, por isso, os operadores dos navios fornecem coletes, botes salva-vidas e outros equipamentos de sobrevivência para proteger os passageiros. Eles também podem usar alarmes sonoros e sinais de alerta, pois devido ao fato de transportarem um grande número de pessoas, devem estar sempre preparados para as situações de emergência.

Se prepare para uma emergência usando um bote salva-vidas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Sino e apito do navio

A legislação exige que os sistemas sonoros dos navios atendam pré-requisitos de volume e localização, ou seja, o governo tenta assegurar que os alarmes sejam altos o suficiente e posicionados em um número mínimo de locais para que todos possam ouvi-los. O navio tem dois componentes sonoros: o sino de alarme geral, que possui um som de campainha, e o apito, que é na verdade uma sirene.

Os componentes do som podem ser classificados como salvos curtos e longos. O salvo curto tem a duração de 1 s, enquanto o salvo longo tem a duração de 4 a 6 segundos. Um salvo longo no alarme do navio consiste em uma campainha contínua.

Loading...
Todos devem ouvir o alarme (Creatas Images/Creatas/Getty Images)

Nevoeiro e colisão

Quando a névoa limita a visibilidade, os operadores não podem ver outros navios no oceano, então sinalizam a sua presença com o apito, mais comumente conhecido como sirene. O aviso de alerta consiste em um único salvo longo.

Os sinais sonoros também podem indicar a direção que o navio irá tomar (em relação à sua própria direção), sendo assim, um único salvo curto indica o rumo à direita, dois salvos curtos indicam o rumo à esquerda, enquanto que cinco salvos curtos indicam que o operador não consegue controlar a direção ou não entende os sinais sonoros do outro navio.

A sirene alerta os outros navios (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Fogo

A equipe a bordo do navio é responsável por extinguir o fogo e responder às emergências. O sinal sonoro que alerta à tripulação consiste em um toque de 10 s soado pelo sino do alarme. Em seguida, o operador do navio direciona a tripulação para responder à emergência e anuncia qualquer informação adicional por meio do sistema endereçado ao público.

A tripulação deve extinguir o fogo (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Abandonar navio

Se a tripulação não puder controlar o fogo ou a emergência, o operador irá soar o sinal de abandonar o navio, que consiste em seis ou mais salvos curtos, seguidos de um salvo longo, soados simultaneamente pelo apito e pelo alarme geral. Em resposta, a tripulação e os passageiros deverão se dirigir aos botes salva-vidas e partir conforme orientações.

Uma emergência pode requerer abandonar o navio (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

Pessoa caindo ao mar

Os navios que navegam nos oceanos podem transportar milhares de passageiros, por isso, se uma pessoa cai ao mar, toda a tripulação participa na busca pela vítima, já que encontrar um homem no mar é muito difícil devido à vastidão do oceano. A pessoa que testemunhar o acidente deve gritar "homem ao mar" e notificar o operador do navio. Em seguida, um sinal sonoro alerta toda a tripulação, que deve ajudar na busca do indivíduo. Quem quer que veja a vítima deve lançar uma boia salva-vidas ou outro dispositivo de flutuação e avisar imediatamente à tripulação. O sinal sonoro para um homem ao mar consiste em três salvos prolongados soados simultaneamente no apito do navio e no alarme.

Achar um homem ao mar pode ser bem difícil (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)
Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...