Tratamento para alergia a pólen

Escrito por kristeen cherney | Traduzido por mariana piastrelli lauria
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento para alergia a pólen
A exposição ao pólen pode causar espirros e coceira nos olhos, nariz e garganta (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

A alergia ao pólen faz com que uma pessoa sofra sintomas causados ​​diretamente a partir do pólen derivado de várias árvores, ervas daninhas e gramíneas. Existem vários tratamentos para os sintomas da alergia ao pólen, embora não haja cura direta para a sua causa, de acordo com um relatório do site Allergy Be Gone. As opções de tratamento variam entre medicamentos, terapias alternativas e tentativas de evitar a exposição ao pólen.

Outras pessoas estão lendo

Medicamentos e doses

Os anti-histamínicos aliviam problemas de histamina, que causam os sintomas da alergia ao pólen, como o excesso de mucosa, edema nasal, espirros e coceira nos olhos, nariz e garganta. Os efeitos colaterais podem incluir falta de atenção e sonolência.

Os corticosteroides reduzem o acúmulo de muco e inflamação nasal causados por alergia ao pólen. Eles vem sob a forma de um spray nasal e podem causar dor ou secura na garganta e queimação nas passagens nasais caso não seja usado corretamente.

O cromoglicato de sódio é um spray nasal de prescrição a longo prazo, que impede a libertação de histamina. O spray não causa sonolência como outros medicamentos antialérgicos fazem.

Descongestionantes nasais são sprays vendidos sem receita, que ajudam a desobstruir as passagens nasais, reduzindo a produção de muco e inchaço excesso. O uso a longo prazo pode realmente trazer problemas piores, então use-os só como um método de alívio rápido para a cura dos sintomas da alergia ao pólen .

Quando os medicamentos não são suficientes por si só para aliviar os sintomas da alergia ao pólen, o médico pode recomendar que o paciente receba outros tipos de doses para construir a imunidade ao tipo específico de pólen que é alérgico. Essas doses são geralmente administradas uma vez por semana, durante vários meses. As doses podem ser caras e e causar reações alérgicas, como inchaço e urticária em alguns pacientes.

Tratamentos alternativos

Aromaterapia é uma forma relativamente barata e alternativa para tratamento de alergia a pólen e pode ser feita em casa. Ela funciona criando um vapor de óleos essenciais que é inalado para aliviar os sintomas da alergia. Exemplos de óleos incluem lavanda, alecrim, óleo da árvore do chá, eucalipto e hortelã-pimenta. Esses podem ser adquiridos como fórmulas. Não misture os óleos em casa, caso contrário, você corre o risco de gerar um equilíbrio inapropriado.

A irrigação nasal é um processo em que água salina é utilizada no nariz, a fim de se livrar de muco em excesso e bactérias. Ela pode ser realizada, conforme necessário, numa base diária.

A inalação de vapor também é usada para se livrar do excesso de mucosa, o que ajuda a aliviar o congestionamento. O vapor pode aliviar o incômodo de seios irritados e muitas vezes é usado em conjunto com a aromaterapia.

Os sprays salinos são usados ​​para acalmar as membranas irritadas das passagens nasais. Eles se parecem com os sprays nasais medicamentosos.

Prevenção

Uma maneira de ajudar a curar os sintomas da alergia ao pólen é tentar impedi-lo de se proliferar. Saiba quando os níveis de pólen estão no auge olhando para os recursos climáticos locais. Os níveis de pólen são mais elevados no final da tarde e início da manhã. Tente ficar dentro de casa, tanto quanto possível, e deixar as janelas e portas fechadas. Se forem necessárias atividades ao ar livre, tais como o trabalho, em seguida, use uma máscara de proteção para minimizar a inalação do pólen. Antes de ir para a cama, lave o cabelo a fim de livrá-lo de pólen que pode ter sido pego com a exposição ao ar livre. Não pendure roupa no varal ao ar livre. Troque frequentemente os filtros de ar em carros e aparelhos de ar condicionado em casa. Além disso, evite outros alérgenos, tais como poeira, fumaça de cigarro, mofo, sprays químicos e poluição do ar, porque eles podem piorar ainda mais os sintomas da alergia ao pólen.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível