Tratamento da bexiga neurogênica atônica

Escrito por lisa jenkins | Traduzido por tiago tostes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento da bexiga neurogênica atônica
A bexiga é uma das quatro partes principais do sistema do trato urinário (Image by Flickr.com, courtesy of hobvias sudoneighm)

A bexiga neurogênica e a bexiga atônica são duas condições que podem criar grande desconforto e sofrimento para o paciente. Felizmente, ambas são tratáveis.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A bexiga neurogênica é uma condição que resulta em perda da função da bexiga devido a um dano no sistema nervoso. A bexiga atônica, ou bexiga flácida, pode frequentemente ser atribuída a uma causa neurogênica, que ocorre quando ela dilata e não consegue esvaziar completamente.

Sintomas

Os sintomas incluem incontinência urinária, fluxo gotejante, tensão e dor durante a micção ou incapacidade de urinar. A frequência e a urgência são indicativas, mas o principal sinal da bexiga atônica é a incapacidade para esvaziá-la completamente.

Diagnóstico

Os médicos podem pedir um raio-X do crânio e da coluna, juntamente com um eletroencefalograma para determinar uma disfunção cerebral. Também podem ser solicitados o ultra-som da bexiga e dos ureteres e testes de função para relatar a quantidade de líquido que a bexiga pode conter e eliminar.

Tratamento

Os médicos podem prescrever medicamentos para tratar a bexiga hiperativa ou a incontinência, bem como antibióticos para prevenir uma infecção no trato urinário. O cateterismo provavelmente será prescrito para a bexiga atônica e será uma opção para a neurogênica. Além disso, a cirurgia está disponível para ambas as condições, quando for necessária.

Pós tratamento

Os Raios-X, o ultra-som, e outros testes de função serão realizados para manter o controle sobre a doença, pois a maioria dos casos exigem atenção constante. Frequentemente o auto-cateterismo é necessário para pacientes de bexiga atônicas, embora uma outra técnica que envolve pressão manual da bexiga seja uma opção.

Potencial

Pesquisas atualmente tentam determinar o efeito da toxina botulínica tipo A no músculo envolvido com o esvaziamento da bexiga (o músculo detrusor). Os relatórios do BladderDisorders.info informam que os resultados são promissores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível