Tratamentos caseiros para matar ácaros de ouvido em gatos

Escrito por nicole engel | Traduzido por luciana p. s. lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamentos caseiros para matar ácaros de ouvido em gatos
Ácaros de ouvido são uma praga comum em gatos (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Os ácaros de ouvido são uma praga comum e às vezes séria em gatos, principalmente em filhotes e em animais que vivem ao ar livre. Esses parasitas vivem no canal interno e externo do ouvido, causando acúmulo de cera e excretando uma substância amarronzada semelhante a grãos de café. Esse acúmulo pode obstruir o canal e causar infecções no ouvido, se os ácaros não forem tratados (veja Recurso 1).

Outras pessoas estão lendo

Tratamentos

Antes de tentar matar os ácaros, limpe os ouvidos do gato. Um ouvido muito infestado apresentará um acúmulo de excreção produzida pelos ácaros. Essa sujeira pode bloquear o canal do ouvido e impedir que o tratamento mate os parasitas. Os ouvidos do gato podem ser limpos com um limpador comercial, geralmente vendido em pet shops, ou com azeite ou óleos vegetais. Utilizando um conta-gotas ou uma seringa de bulbo, irrigue o canal do ouvido com o óleo ou o limpador. Segure o gato com firmeza, pois ele vai tentar sacudir a cabeça quando você pingar o líquido no ouvido dele. Massageie o ouvido para que entre no canal e limpe-o com uma bola de algodão. Não use cotonetes de algodão pois eles podem empurrar a sujeira para dentro do canal. Repita até que o ouvido esteja limpo (veja Referência 2).

Um bom limpador aliviará o gato, mas os ácaros não serão mortos somente com isso. Existem dois tratamentos caseiros para acabar com os ácaros. O primeiro é feito misturando uma colher de sopa de água com nove gotas de extrato de raiz de rumex. Um conta-gotas a cada três dias durante seis semanas matará os ácaros. Um outro remédio é composto por 44 ml de extrato de amêndoas e 400 UI de vitamina E. Use meio conta-gotas todos os dias durante seis dias. Espere três dias e repita o processo (veja Referência 2).

Trate todos os animais (inclusive os cães) de sua casa, mesmo os que não apresentarem sintomas, pois os ácaros do ouvido são extremamente contagiosos e se espalham facilmente de um animal para outro (veja Referência 1).

Complicações

Os ácaros podem causar inflamação que pode levar a infecções na pele e no ouvido. De acordo com a organização ASPCA, esses parasitas "são responsáveis por mais de 50% de todas as infecções de ouvido em felinos" (veja Referência 1). A coceira intensa também pode fazer o gato arranhar e balançar as orelhas, causando um hematoma auricular, que é um inchaço e acúmulo de sangue causado por um vaso rompido na orelha (veja Referência 3). Às vezes esses hematomas desaparecem naturalmente, mas costumam exigir cirurgia.

Cuidado veterinário

Outras infecções ou irritações de ouvido costumam ser confundidas com os ácaros, por isso o diagnóstico de um veterinário pode ser importante (veja Referência 1). Leve o gato ao veterinário quando os tratamentos caseiros não melhorarem a situação dos ouvidos ou quando suspeitar de outra infecção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível