Três tipos de eclipse solar

Escrito por luc braybury | Traduzido por franciele gobi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Três tipos de eclipse solar
Imagem de um eclipse solar total (Digital Vision./Digital Vision/Getty Images)

Um eclipse solar ocorre quando a lua obscurece o sol e lança uma sombra sobre a Terra. Os diferentes tipos de eclipse solar ocorrem devido ao ângulo com que os raios de sol incidem sobre a lua que, consequentemente, afeta o tipo de sombra lançada sobre diferentes localidades da Terra. Os três tipos mais comuns de eclipse são o total, o parcial e o anular (ou anelar). Um tipo raro - o eclipse híbrido - é uma combinação de diferentes tipos de eclipse.

Outras pessoas estão lendo

Eclipses parciais

Assim como o nome sugere, um eclipse solar parcial é aquele em que apenas uma porção dos raios de sol é bloqueada pela lua. A sombra da lua é dividida em duas regiões: a umbra e a penumbra. Um eclipse parcial ocorre quando a penumbra, uma região da sombra da lua parcialmente sombreada, é lançada sobre a Terra. Durante um eclipse parcial, alguns observadores verão o sol quase todo coberto, enquanto observadores de outras partes do mundo verão um sol crescente. Eclipses parciais podem ocorrer singularmente ou durante eclipses totais e anulares.

Eclipse anular

Durante o eclipse anular, a lua cobre o centro do sol, deixando um anel ao redor dela. Esses eclipses ocorrem quando a lua está o mais longe da Terra e localizada diretamente na frente do sol. Devido a sua distância, a umbra da lua (a área de sombra que é completamente escura) não é longa o suficiente para atingir a Terra. A área do planeta onde os eclipses anulares são vistos é chamada de antumbra, o que significa que o corpo da lua aparece completamente contido dentro do sol. Observadores fora dessa região experienciam um eclipse parcial.

Eclipse total

Durante um eclipse total, toda a superfície do sol é bloqueada de visão pela lua. Os eclipses totais ocorrem quando a lua está próxima e lança sua umbra sobre regiões da Terra. Observadores fora dessa região experienciam um eclipse parcial. Durante um eclipse total, a superfície quente e exterior do sol - a coroa - é visível ao redor da lua.

Eclipses totais

Em casos raros, um evento especial chamado de eclipse híbrido pode ocorrer. Esse tipo aparece como um eclipse anular em algumas regiões da Terra e como um eclipse total em outras regiões. Eclipses híbridos ocorrem quando a lua está próxima o suficiente para lançar uma umbra em porções da Terra, mas ainda longe o suficiente para fazer com que essa umbra não atinja outras regiões. Esse tipo de eclipse começa e termina como um eclipse anular, mas aparece como um eclipse total por um tempo para espectadores sob a umbra. Eclipses híbridos somam cerca 5% dos eclipses solares.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível