Utilidade do teste de glicerol na Doença de Ménière

Escrito por k.c. hernandez Google | Traduzido por jonatan franco
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Utilidade do teste de glicerol na Doença de Ménière
O glicerol ajuda na detecção de doenças de ouvido (Image by Flickr.com, courtesy of Cameron Cassan)

O glicerol, também conhecido como glicerina pura, tem muitos usos. Álcool límpido, incolor e viscoso, o glicerol é utilizado como parte do teste de "desidratação" para o diagnóstico de doença de Ménière. Essa condição também é conhecida como hidropisia endolinfática.

Outras pessoas estão lendo

O que é a Doença de Ménière?

Caracterizada pelo aumento da pressão do ouvido interno, a Ménière não é definida por seus sintomas. Os sintomas incluem episódios de tontura, zumbidos e perda auditiva progressiva, que geralmente é unilateral, de acordo com o site AudioEnglish.net. Os médicos ainda tentam descobrir o que causa esses sintomas.

Diagnóstico

Não existe nenhum teste definitivo para o diagnóstico da Ménière -- os médicos executam testes de doenças conhecidas a fim de eliminar as possibilidades. Um teste de desidratação usando glicerol é parte do diagnóstico diferencial que distingue a Ménière de outros distúrbios do ouvido interno.

Como o glicerol é utilizado

O glicerol é administrado oralmente aos pacientes para reduzir as anormalidades de fluidos no ouvido interno. Ele pode afetar a audição temporariamente (algumas horas) e os resultados são medidos por um audiograma.

Eficácia do teste

De acordo com uma pesquisa da Escola de Medicina da Universidade de Washington, "os resultados indicaram que o teste é uma ferramenta de diagnóstico apropriado na avaliação de casos de Ménière e que é uma ferramenta de prognóstico para a avaliação de terapia". Uma melhoria significativa na discriminação da fala e da audição foi observada após a ingestão de glicerol.

Teste acidental

Em uma carta ao Journal of Neurology, os médicos informaram que uma sobredose de glicerol para um homem de 72 anos resultou no sofrimento de uma encefalopatia aguda, uma alteração na função cerebral. Eles atribuíram a reação, semelhante a uma convulsão, ao consumo excessivo de glicerol durante os testes para a doença de Ménière.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível