×
Loading ...

Atividades de lazer tradicionais japonesas

Lazer corresponde a tranquilidade na cultura japonesa tradicional, como explica Herbert Plutschow da UCLA ao descrever a cerimônia tradicional japonesa do chá. Muitas das atividades de lazer praticadas no Japão histórico evoluíram de princípios Shinto e budistas sobre limpar a mente, entrar em contato com a natureza e expressar ideias através de símbolos. Algumas dessas atividades sobreviveram até mesmo à era moderna.

Muitas atividades de lazer tradicionais japonesas têm suas raízes no Shinto e no budismo (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Cerimônia do chá

De acordo com Plutschow, a cerimônia japonesa tradicional do chá tem a ver tanto com o processo de servir o chá quanto com o de saboreá-lo. Desde que os chineses introduziram o chá no Japão no século 12, a cerimônia do chá -- chamada de sadou ou "chadou" no Japão -- começou a representar símbolos sagrados de acordo com a religião Shinto ou budista. O método devagar, que às vezes dura horas, de preparar e servir apropriadamente o chá é feito para ser esteticamente bonito e meditativo. A cerimônia tradicional do chá sobrevive em escolas especializadas no Japão moderno.

Loading...

Arranjo de flores

Arranjo de flores, ou "ikebana", é uma atividade de lazer primariamente reservada para os entusiastas da cultura no Japão moderno, mas originalmente foram os monges budistas japoneses, influenciados pelos monges chineses, que desenvolveram essa atividade de lazer no século 15. "Ikebana" celebra a simplicidade. O processo de fazer arranjos de flores e plantas com uma ênfase na composição linear e não nas cores pode levar horas, ou até mesmo dias, e exige que os participantes meditem enquanto organizam a flora. Cada elemento no arranjo representa o céu, a terra ou a humanidade, assim como a harmonia entre cada um.

Ver flores

Outra atividade de lazer japonesa tradicional envolvendo flores é a "hanami", ou ver flores. Na primavera no Japão moderno -- geralmente em abril -- você verá as pessoas indo aos parques em grupos, deitando em lençóis e aproveitando o saquê, que é um vinho de arroz, e aperitivos embaixo das árvores florescidas. Essa é uma atividade de lazer japonesa tradicional que pode ser traçada desde o século 8. O objetivo do "hanami" tradicionalmente envolvia celebrar os espíritos das árvores e pedir por uma boa colheita no novo ano. Enquanto se aproveita boa comida e bebida, os participantes refletem sobre as bençãos do ano que passou e relaxam.

Luta de sumô

A luta de sumô, ou "rikishi", data do século 8, quando a atividade apareceu como um método de entretenimento da corte imperial. Ir assistir a uma luta de sumô ficou mais popular com o público geral ao longo dos séculos, e evoluiu a uma atividade de lazer comum. Os dois homens envolvidos em uma luta de sumô seguem importantes rituais religiosos de Shinto antes, durante e depois de cada partida. Eles purificam o ringue e seus corpos com sal e água respectivamente, batem as palmas das mãos e chamam pelos espíritos para aumentar suas chances de sucesso, e batem os pés no chão para acabar com maus espíritos que possam aparecer.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...