Como calcular a pressão da água

••• Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Aprenda a calcular as diferenças de pressão da água devido à força da gravidade para constatar que, em níveis mais profundos, a pressão é maior. A força da gravidade puxa a água para baixo, bem como qualquer outro objeto. Isso cria uma força sobre a água a profundidades maiores, em virtude da própria água por cima. A diferença de pressão causada pela gravidade varia de acordo com a profundidade, a densidade da água e a aceleração da gravidade. A aceleração da gravidade é a taxa em que objetos caem na terra e é igual a 9,8 metros por segundo quadrado.

Passo 1

Meça a profundidade, em polegadas, abaixo da superfície da água da qual deseja saber a diferença de pressão. Por exemplo, a distância pode ser de 300 polegadas.

Passo 2

Converta a profundidade para metros dividindo por 39,37, já que um metro corresponde a 39,37 polegadas. Esse passo nos leva a 300 polegadas divididas por 39,37 polegadas por metro, ou 7,6 m de profundidade.

Passo 3

Multiplique a densidade da água, em kg/m³, pela aceleração da gravidade, vezes a profundidade para chegar à pressão em pascais. A densidade da água é igual a 1000 kg/m³. Continuando o exemplo, tem-se que 1000 kg/m³ vezes 9,8 m/s² vezes 7,6 m é igual a pressão de 74.480 pascais.

Passo 4

Divida a pressão por 6.894,8 para convertê-la em libras por polegada quadrada (psi), já que 6.894,8 pascais é igual a um psi. Completando o exemplo, você tem 74.480 pascais divididos por 6.894,8 pascais/psi, ou uma pressão de 10,8 psi.

Mais recentes

×