Como cobrir um carpete

••• feet and carpet image by jimcox40 from Fotolia.com

A decisão de encobrir um carpete normalmente se deve a um desses dois fatores: Uma pintura nas paredes e reforma na casa; ou o carpete está tão feio que é preferível escondê-lo. Se for o último caso, geralmente é melhor substituí-lo. Ao contrário de pisos de madeira e linóleo, os revestimentos com carpete não são fáceis de cobrir. Contudo, há casos em que a substituição não é possível (por exemplo, se você vive em acomodações temporárias ou alugadas).

Passo 1

NA/PhotoObjects.net/Getty Images

Proteja o seu carpete. A maneira mais fácil de protegê-lo é utilizar um plástico auto-adesivo, facilmente encontrado em armazéns. Calcule a metragem quadrada da área do piso e compre uma quantidade proporcional de cobertura plástica. Retire os móveis da sala. Se isso for impossível ou muito difícil, mova toda a mobília para uma metade do cômodo. Em seguida, cubra a metade vazia. Mude os móveis para o outro lado e cubra todo o restante da sala.

Se você comprou rolos de cobertura de plástico auto-adesivo, comece a partir de um lado do carpete. Desenrole o plástico cuidadosamente em tiras até que todo o tapete esteja coberto. Sobreponha com mais pedaços de plástico, de modo que o revestimento seja uniforme. Isso protegerá o carpete contra poeira ou respingos de pintura.

Para folhas de plástico comum, utilize fita de carpete para prender uma extremidadeda à parede. Desenrole as folhas de modo que elas cubram todo o carpete. Pressione as pontas e as bordas contra as paredes. Você também deve sobrepor qualquer junta para um isolamento perfeito. Não deixe a cobertura muito apertada. Permita uma certa folga para que o plástico não rasgue com pisadas ou arrumação da mobília.

Passo 2

Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images

Não instale um piso duro, como laminado ou madeira, sobre um carpete. Isso pode levar a irregularidades e instabilidades. A única opção é a instalação de um novo carpete sobre o existente. Remova todos os móveis da sala. Limpe completamente o revestimento existente com um aspirador de pó . Elimine possíveis nós e nódulos. Você poderá usar o carpete existente como uma camada inferior.

Passo 3

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Coloque o seu carpete novo como se estivesse aplicando o revestimento pela primeira vez. Compre material suficiente para o trabalho. Consulte um revendedor especializado para saber quanto comprar, de acordo com o tamanho da sala. Meça os comprimentos e formas do carpete que você precisa e corte as partes adequadamente. Deixe uma quantidade extra para costuras e bordas. Coloque o tapete sobre o chão, permitindo a sobreposição nas paredes e nas costuras. Junte as partes. Coloque uma costura adjacente sobre a outra e marque embaixo a peça a ser cortada. Apare as junções usando uma faca afiada e uma tábua de corte. Coloque fita de costura abaixo da junção deixando que sobreponha ambos os lados. Coloque as emendas em conjunto sobre a fita e passe um ferro de carpete para fazer com que se liguem. Para os cantos de paredes, coloque o carpete na junção entre a parede e o chão, tanto quanto for possível. Essa é uma tarefa difícil visto que o carpete já está ajustado. Utilize tachas apropriadas para fixá-lo. Para a parte final da instalação, use um esticador de carpete. Estique a peça para fora o máximo possível antes pregá-la completamente. Corte e dobre para finalizar. Deixe o revestimento o mais esticado e arrumado possível.

Passo 4

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Ao invés de aplicar um carpete novo, você pode usar tapetes e móveis para desviar a atenção. Embora seja improvável encontrar um tapete que se encaixe perfeitamente em seu quarto, talvez você ache uma peça que cubra a maior parte do carpete velho. Combine a utilização de móveis e tapetes menores para fazer o carpete existente imperceptível. Um esquema certo de cores pode realmente melhorar o visual de modo que você possa suportá-lo.

Mais recentes

×