Como fazer um contrato de venda de cavalo

••• Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Estando comprando ou vendendo um cavalo, você precisa de um contrato que proteja ambas as partes envolvidas no negócio. Um contrato escrito e assinado pelo comprador e vendedor pode ate mesmo ser levado à justiça se algum problema surgir. Aprenda a escrever um contrato de venda de cavalo seguindo os seguintes passos.

Passo 1

Identifique o comprador e vendedor do cavalo, informando seus nomes completos, endereços, telefones e números de documentos. Se o cavalo tiver documentos registrados, o nome do vendedor deve ser o mesmo do dono atual nos papéis. Se forem diferentes, a posse deve ser questionada. O vendedor pode não ter permissão de vender o cavalo, pois pode não ser seu dono legal.

Passo 2

Descreva o cavalo com detalhe, incluindo nome registrado, marcas de numeração, marca (se houver), idade, sexo, marcações, cor e raça. Inclua também se o cavalo já participou de shows ou se possui nomeações para prêmios. Se o animal estiver prenho ou estiver sendo vendido para reprodução, inclua essa informação no contrato também.

Passo 3

Inclua o preço do cavalo, como o pagamento deve ser feito, quando o cavalo não estará mais sob a responsabilidade do vendedor e quem será responsável enquanto os pagamentos estiverem sendo feitos.

Passo 4

Se os pagamentos estiverem sendo feitos, descreva o que acontecerá se o comprador atrasar as parcelas.

Passo 5

Adicione detalhes da compra no contrato. Se houver uma examinação veterinária, descreva-a e adicione o nome do profissional e seu endereço de trabalho. Se nenhum exame foi feito, inclua que o cavalo foi vendido "como está".

Passo 6

Peça para um advogado analisar o contrato para se certificar de que é legal e permitido.

Passo 7

Assine o contrato com as outras partes envolvidas. Se alguém não assinar, não poderá ser levado a julgamento caso algum problema ocorra.

Mais recentes

×