Como descobrir se um anel de ouro é falso

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

O ouro é um dos mais populares e desejados metais. As joias desse material são disponibilizadas em várias cores e quilates, para caber em qualquer orçamento. A demanda por joias de ouro abriu portas para falsificadores venderem o que dizem ser ouro, mas que de fato é apenas, ou no máximo, folheado a ouro. Nos Estados Unidos, é ilegal vender algo de "ouro" se o objeto possuir menos de 10 quilates. Existem alguns sinais indicadores que você pode observar para ter certeza de que o objeto é realmente feito de ouro.

Step 1

Coloque um imã próximo ao anel. Se o anel for atraído pelo imã, é falso. O ouro não possui características magnéticas.

Step 2

Pressione um alfinete no anel. Se amassar ou quebrar, o anel é falso. A forma mais pura de ouro é 24 quilates, o que é extremamente macio e maleável. O ouro usado em joias é uma liga de ouro com cobre e zinco, prata ou níquel.

Step 3

Realize o teste do ácido nítrico. Pegue uma pequena lima e faça um risco leve em um lugar do objeto que não seja visível, por exemplo, na parte interna do anel. Coloque luvas de borracha e aplique uma pequena quantidade de ácido nítrico no risco com um palito de plástico ou de madeira. Observe a reação sobre o risco.

Se você observar uma reação esbranquiçada, então seu anel é folheado a ouro com uma base de prata. Se você notar uma reação verde, seu anel é folheado a ouro com uma base metálica qualquer. E, por fim, se não houver reação, seu anel é verdadeiramente de ouro.

Você também pode levar seu anel para um ourives de confiança e pedir para realizar esse teste.

Step 4

Leve seu anel a um laboratório de certificação de qualidade, onde você pode ter seu objeto de ouro passado por um raio X para autenticação. O custo desse procedimento não é tão caro.

×