Como saber se uma corrente é de ouro maciço

••• gold chain image by saied shahinkiya from Fotolia.com

Como o ouro é bastante caro, algumas pessoas tentam ludibriar o público vendendo ouro falso ou outro metal capeado em ouro. Algumas dessas falsificações parecem de verdade, tem o peso e o tato do ouro puro - ao menos até que a galvanização se dissolva. Para se proteger contra estas falsificações, é importante saber como identificar uma corrente de ouro como falsa ou verdadeira.

Passo 1

Procure por marcas no ouro. Pela lei, o ouro maciço precisa ser marcado como "10K", "14K", "18K" ou "24K" que representam sua pureza. No entanto, existem lugares onde estas marcas podem não existir.

Passo 2

Peça a um joalheiro que examine e teste a autenticidade do metal. A maioria não costuma cobrar por este serviço.

Passo 3

Procure pelo grampo da corrente com uma lupa. Cobertura de ouro nem sempre se adere bem no entorno dos anéis que seguram a corrente no grampo. Às vezes é possível ver uma escuridão nesta parte a olho nu. Se a área estiver verde ou preta, a corrente não é feita de ouro de verdade.

Passo 4

Use a corrente por um tempo. Se sua pele em contato com a corrente ficar verde, a corrente não é de ouro de verdade. Se a química corporal muda a cor do ouro para marrom, verde ou preta, então não é ouro de verdade.

Passo 5

Manuseie a corrente de ouro. O ouro é macio; quanto mais puro for o ouro, mais macio ele é. Ouro falso, por outro lado, costuma ter metais mais fortes por baixo e não se estica nem se dobra facilmente. Negociantes ainda verificam a veracidade de moedas de ouro do jeito antigo, mordendo-as. Se elas não se dobram, elas certamente não são de verdade.

Passo 6

Limpe sua corrente de ouro. Ouro falso não vai se limpar corretamente. Vai parecer matizado ou não vai ficar limpo. Pode até ficar verde, marrom ou preto com limpadores de joias mais fortes.

Mais recentes

×