×
Loading ...

Qual a função das sementes e dos esporos nas plantas?

Os esporos e as sementes são métodos de reprodução das plantas. Os esporos são produzidos por aquelas que se reproduzem assexualmente, enquanto as sementes estão presentes nas de reprodução sexuada. Ambos têm o objetivo de espalhar o código genético de uma planta a um novo território para que a nova geração possa crescer longe da planta mãe.

As samambaias se reproduzem ao soltar esporos da parte inferior de suas folhas (Image by Flickr.com, courtesy of Busy again) (Athena Flickr)

Esporos

Os esporos são células reprodutivas capazes de se desenvolver em uma nova planta sem a fertilização. Eles são comumente encontrados em algas, musgos, fungos e samambaias e tendem a crescer na parte inferior das folhas, sendo mais visíveis em plantas como a samambaia.

Loading...

Dispersão de esporos

Quando maduros, os esporos são liberados pela planta mãe e dependem muito da dispersão do vento. As plantas que vivem nas margens de rios, córregos ou pântanos podem liberar seus esporos na água, que os carrega.

Sementes

As sementes devem ser criadas pela reprodução sexual, conhecida nas plantas como polinização. Uma célula reprodutiva masculina e uma feminina, chamadas de gametas, precisam se fundir para formar uma semente que seja capaz de crescer e formar uma nova planta.

Flores

As flores são a maneira da natureza ajudar as plantas que produzem sementes com a polinização. Elas contêm os órgãos masculinos, o estame, que produz e armazena o pólen, e os ovários femininos, que contêm os óvulos que se tornarão sementes após a fertilização. A polinização é feita por pássaros, insetos e animais, além de pela dispersão do vento.

Dispersão de sementes

As sementes podem ser envolvidas for frutos suculentos, que são ingeridos por animais que acabam espalhando as sementes quando estas deixam seus sistemas digestivos. As nozes são sementes que são ingeridas e, às vezes, enterradas por animais como esquilos, que as guardam para o consumo no futuro. As nozes esquecidas, então, têm a chance de crescer. As sementes também podem ser dispersadas pelo vento, como as de dente-de-leão.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...