O que são os grãos parecidos com sementes dentro da vagem?

••• Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images

As vagens são frutos verdes longos e delgados. Dependendo da fase de desenvolvimento, a vagem terá em seu interior sementes pequenas ou feijões robustos. Na verdade, o termo vagem é um nome comum para as sementes das plantas da família das fabáceas. Os pequenos grãos frequentemente chamados de "feijão" são as sementes dessas plantas. Elas produzem vagens que contêm várias sementes individuais em seu interior e que têm usos variados.

Anatomia da semente

Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images

A camada externa da semente é chamada tegumento ou testa e envolve e protege a semente viva. A testa também contém poros chamados micrópilos, que permitem a entrada de umidade na semente, o que inibe a germinação durante o período de crescimento. A parte áspera e curvada, ou cicatriz da semente, é outra parte do tegumento, conhecida como hilo. O hilo é o local onde o feijão estava originalmente ligado à vagem onde se desenvolveu. Dentro da testa fica o cotilédone, que é a fonte de alimentação do embrião, a pequena planta que está lá dentro.

Escolhendo as vagens

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

De preferência, compre as vagens diretamente do produtor ou cultivador para garantir a qualidade da fonte, mas elas também podem ser encontradas na maioria dos mercados. É melhor procurar em meio às vagens individuais para que você possa escolher as de cor vibrante e sem machucados, cicatrizes ou marcas amarronzadas. Escolha vagens com uma textura lisa e firme e que "estalam" quando abertas. Recomenda-se aquelas com um bom formato e com sementes pequenas, ao passo que o comprimento não é relevante.

Perfil nutricional

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

As vagens têm os mesmos benefícios nutricionais do que outros grãos comuns. São uma fonte importante de carotenoides e flavonoides. Ambos proporcionam benefícios anti-inflamatórios únicos. As vagens possuem quantidades significantes de fibras que fazem bem ao coração, fornecendo de 9 a 13 g de fibras em uma única xícara cozida. São pobres em gordura e ricas em proteína, carboidratos complexos, ácido fólico e ferro para produção de energia. As vagens são uma excelente fonte de fósforo, magnésio, potássio e vitamina C e K.

Usos variados

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

As vagens são versáteis na cozinha e são um ótimo acréscimo a uma variedade de receitas, também podendo ser servidas separadamente, como acompanhamento. Podem ser usadas frescas em saladas, sopas e caçarolas ou conservadas enlatadas ou congeladas. As vagens também produzem com abundância no jardim. A maioria delas pode ser colhida 60 dias após a germinação, fazendo delas a opção favorita para uma colheita rápida e eficiente.

Mais recentes

×