Como remover uma torneira emperrada em uma banheira antiga

••• drain black and white image by askthegeek from Fotolia.com

Existem dois tipos principais de torneiras para banheira: as de estilo romano, que são instaladas logo abaixo da borda da banheira, e as padrões, que são instaladas na parede. As banheiras antigas possuem torneiras de estilo romano, o que, hoje em dia, não é recomendado nos códigos de segurança. Esse arranjo pode levar ao recuo da água, podendo contaminar o sistema. Portanto, é aconselhável substituí-las por torneiras de estilo padrão. Pode ser difícil remover essas torneiras antigas, pois exigem mais força para serem retiradas.

Passo 1

Vá até o registro para fechar a água da casa. Existem duas válvulas, uma de cada lado do registro. Feche a que estiver antes do medidor onde a água chega.

Passo 2

Abra a torneira da banheira e deixe a água escorrer até a última gota.

Passo 3

Retire os parafusos que prendem a torneira da banheira. Geralmente, há dois parafusos, um de cada lado da torneira ou um no topo e outro na base.

Passo 4

Tente girar a torneira aos poucos para removê-la. Se não conseguir, pressione e puxe a torneira ao mesmo tempo em que a gira com a mão. Tome cuidado para não se machucar. Se ainda continuar emperrada, mergulhe uma escova de dentes no vinagre e deixe as cerdas bem molhadas. Escove em volta da área onde a torneira encontra a banheira para amaciar os depósitos minerais. Deixe agir por cerca de 10 minutos.

Passo 5

Limpe em volta da torneira com uma escova de aço. Lave com água. Isso pode ajudar a remover qualquer incrustação ou acúmulo que prende a torneira no lugar.

Passo 6

Gire a torneira, que deve sair facilmente depois que os depósitos minerais tiverem sido removidos.

Passo 7

Puxe a torneira novamente, girando-a. Repita a escovação para remoção da incrustação utilizando a escova de aço, se necessário.

Mais recentes

×