×
Loading ...

Técnicas cinematográficas usadas em filmes

Mesmo que gravar uma cena seja tão simples como posicionar e gravar com uma câmera, muitos diretores de sucesso entendem que a arte de fazer filmes é muito mais complicada. Entender técnicas básicas é essencial para efetivar a produção de filmes. Por empregar uma variedade de técnicas artísticas, produtores de filmes são capazes de subitamente transmitir emoções e avançar sua história enquanto tiram vantagem da média visual.

Algumas técnicas de edição alteram o ponto de vista dos espectadores (film image by saied shahinkiya from Fotolia.com)

Enquadrando a imagem

Quando um personagem está na tela, seu tamanho no quadro determina que tipo de tomada está sendo usado. Por exemplo, uma "tomada longa" contém seu corpo inteiro, enquanto uma "tomada média", da cintura para cima. Tomadas diferentes têm efeitos distintos no público. Por exemplo, um close – um em que o público possa ver a expressão facial do personagem – é muito mais intimista e permite que o público se conecte com o personagem em um nível mais pessoal do que se ele estivesse distante.

Outros tipos de tomada podem transmitir mais emoções – por exemplo, o “ângulo holandês”, também conhecido com o “plano holandês”, é um plano em que a câmera é inclinada em ângulo. Esse tipo de enquadramento é usado para causar confusão, tontura ou loucura. Um plano de ângulo-baixo, em que a câmera é posicionada próxima ao chão e apontada para cima, pode ser usado para fazer que algo apareça maior ou mais imponente.

Loading...

Editando

Tão importante quanto o material, um filme de diretor é a maneira como ele edita tudo. Longas tomadas não possuem cortes por um tempo significante. Podem ser usadas para aumentar a tensão ou o realismo, enquanto cenas com tomadas curtas rapidamente editadas poderão transmitir ações rápidas.

A forma como as fotos são editadas em conjunto também pode ajudar o público a fazer inferências sobre o que está acontecendo. Por exemplo, você pode transcorrer uma tomada de um personagem olhando pela janela para uma do que ele está olhando. Ao cortar a sua reação, você transmite seus sentimentos para o público sem dizer uma palavra.

Do mesmo modo, uma montagem pode ser usada para expressar algo complexo em um curto espaço de tempo. Essa é uma série de fotos relacionadas em uma sequência que usa as imagens visuais para transmitir o que está acontecendo, um exemplo comum é uma montagem de treinamento, na qual o público vê um personagem progressivamente melhorando em uma dada tarefa, para outra tomada.

Outras técnicas

Produtores de filmes confiam nas suas inúmeras técnicas no seu trabalho. Câmeras manuseadas sem estabilidade podem ser usadas para fazer sequências de ação parecer mais realistas, contanto que o cameraman que estava gravando algo que realmente estava acontecendo. Som é outro fator – uma técnica para manipular o que o público percebe como “som ambiente”. Som ambiente é o som que vem do mundo do filme – algo que o personagem poderia ouvir, como uma buzina ou um diálogo. Sons não ambientes incluem narração ou trilha sonora – o produtor do filme pode usar as expectativas e as suposições do público para surpreender.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...