×
Loading ...

Tipos e custos de um muro de contenção

Os muros de contenção permitem a criação de degraus ou áreas elevadas em uma superfície inclinada. Mas se a construção do muro for inadequada, a força da gravidade e pressão da água podem destruí-lo em pouco tempo. Em relação aos materiais usados, os muros de contenção são geralmente construídos com concreto, madeira e pedra. Os dormentes (blocos que suportam os trilhos de trem) são bastante usados, pois eles são pré-tratados e não enferrujam. Qualquer que seja o material usado, o muro de contenção precisa ter uma boa base, um aterro compacto semelhante ao cascalho e drenagem adequada. Em algumas localidades, talvez seja necessário a autorização do departamento de planejamento de obras antes de iniciar a construção devido às possíveis restrições de altura.

Os muros de contenção tem sido usado em arrozais por centenas de anos (田植え image by kelly marken from Fotolia.com)

A história do muro de contenção

Os muros de contenção têm sido usados por milhares de anos. Os romanos construíram esses muros para ajudar na construção de estradas e em seus elaborados anfiteatros de pedra. Na Europa Medieval, os castelos e catedrais também incorporaram os muros em seus projetos. Na Ásia, os arrozais plantados nos morros fazem uso desses muros por centenas de anos. Os quatro tipos básicos de muros de contenção usados hoje em dia são os de gravidade, de consola, contraforte e o reforçado.

Loading...
O anfiteatro romano em Verona, Itália, foi construído no ano 30 da Era Comum (Amphitheater Verona image by Olli from Fotolia.com)

Os muros de gravidade e consola

Os muros de gravidade são baixos (menos de 90 a 120 cm). Esse tipo de muro é apoiado pelo próprio peso para reter a terra por trás dele. As “taludes” significa que a parte superior do muro fica inclinada para trás. Com esse tipo de muro, você não pode ultrapassar determinada altura devido à quantidade de material envolvido. Os muros de consola são uniformes na espessura. A largura do ponto de apoio é importante, pois ela é projetada para evitar que o muro seja derrubado. Esse muro requer um reforço de aço e é necessário que um engenheiro civil faça o projeto para calcular a espessura correta.

O contraforte e muro de escora

Os muros contraforte são parecidos com o de consola, mas eles apresentam uma parede de apoio extra que conecta a parte posterior do ponto de apoio. Peça para um engenheiro civil elaborar o projeto, pois os erros podem custar caro. Em um muro de contenção reforçado, o muro de suporte de estabilização é visível e, às vezes, ornamentado. Esses apoios acrescentam uma enorme força ao sistema do muro. No entanto, é necessário um engenheiro civil para realizar o projeto e construção desse muro.

Os custos

Blocos de pedra de concreto pré-moldado, que se encaixam sem a necessidade do uso de argamassa, estão disponíveis para a construção de muros de auto-serviço. Entretanto, dependendo do comprimento, a maioria das paredes custará mais de R$ 2.500,00. Para um muro médio com 6 m de comprimento e 75 cm de altura, uma parede de concreto custaria em torno de R$ 1.680,00 até R$ 3.375,00; o valor inicial de um muro de madeira será de R$ 2.500,00 e até R$ 2.925,00; um muro de pedra do mesmo tamanho custará aproximadamente R$ 4.500,00. A contratação de um engenheiro, que é indicada para paredes acima de 90 cm, custa em torno de R$ 450,00 a R$ 1.125,00. Muitas pessoas gastam mais com projetos elaborados de paisagismo e na obtenção de permissão para a construção do muro.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...