Como tirar espinhos de porco-espinho do rosto de um cachorro

••• Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

O nome "porco-espinho" descreve um animal que pode ter até 30.000 espinhos misturados com os pelos por todo o corpo, exceto na barriga. Os espinhos são usados para a defesa e somente são disparados em criaturas que entram em contato com eles — os porcos-espinhos não podem dispará-los em predadores que estão longes. Os cachorros são vítimas frequentes desses animais por serem muito curiosos. Como o porco-espinho se move lentamente, o cachorro muitas vezes pode pegá-lo, ficando com o rosto cheio de espinhos.

Passo 1

Acalme o cachorro.

Passo 2

Avalie a gravidade do problema. Se houverem apenas alguns espinhos e eles estiverem localizados no focinho e peito ou patas, você provavelmente poderá lidar com o problema sem ajuda. Se os espinhos forem muitos ou estiverem alojados dentro da boca do cachorro, é melhor que a tarefa seja realizada por um veterinário com o cão sob anestesia. Esse também pode ser o caso se o animal for muito grande e difícil de controlar. Lembre-se que retirar os espinhos sem anestesia deixará o cachorro com dor.

Passo 3

Peça para um adulto forte segurar o cachorro e cobrir os olhos dele com as mãos ou uma venda.

Passo 4

Coloque as luvas de couro, desde que elas permitam que você segure o alicate com facilidade. A ponta saliente do espinho é curta e afiada, podendo deixar sua mão dolorida, mas não pegará em você.

Passo 5

Fale de maneira calma com o cão enquanto você pega o espinho o mais perto possível da pele dele.

Passo 6

Puxe o espinho rapidamente. Geralmente, quando o cachorro sentir você pegando o espinho, ele se debaterá e acabará retirando sozinho.

Passo 7

Repita o processo até que todos os espinhos sejam removidos. Se algum espinho quebrar, é melhor deixá-lo ali do que tentar tirá-lo.

Passo 8

Ligue para o seu veterinário e pergunte por um antibiótico, ou aplique uma pomada antibiótica comum até que a pele do animal melhore.

Mais recentes

×