×
Loading ...

Por que os vitrais eram usados nos tempos medievais?

O vitral é mais comumente associado com a Europa Medieval e as mais belas obras existentes datam desse período. Na Roma antiga, pedaços de vidro colorido eram usados ​​em janelas decorativas. No entanto, os vitrais não pegaram totalmente até os tempos medievais e, particularmente, com a introdução da catedral monumental e as campanhas de construção de igrejas nos séculos 11 e 12. O pico do vitrais durou dos séculos 12 a 16. A maioria das estruturas de vitrais era construída nas catedrais, mas alguns trabalhos foram feitos em casas de pessoas ricas e em edifícios reais.

Os vitrais eram decorativos e também educavam as pessoas na Idade Média (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Crescimento populacional

Na alta Idade Média (1000-1300) a população cresceu enormemente e a economia cresceu. Ambas as condições contribuíram para a criação de grandes catedrais góticas, com grandes janelas de vidro colorido. O aumento da população justificou a necessidade de igrejas maiores e uma economia forte fez sua construção possível. Desastres como a Peste Negra e guerras caras no final da Idade Média (1130-1500) reduziram a população da Europa em quase um terço e danificaram grandemente a economia. A construção de catedrais com vitrais e vitrais seculares diminuiu juntamente com a riqueza e a população.

Loading...

Igreja Católica

A Igreja Católica era a mais poderosa instituição política na Idade Média e vitrais eram uma forma de afirmar seu poder. Grandes fachadas com grandes janelas rosas feitas de vitrais exibiam a opulência da igreja. Grandes janelas de vitrais acompanhavam as altíssimas catedrais góticas, subjugando o povo com seu tamanho e riqueza. Imagens violentas, como a Paixão de Cristo, em vitrais eram feitas para instilar o medo e humildade no coração dos católicos e cidadãos. Incutir medo era uma maneira que a igreja usava para controlar as pessoas.

Educação

O vitral servia também para educar os povos da Europa na Idade Média. Naquela época, as pessoas comuns eram analfabetas e contavam com imagens para conhecer as histórias do Antigo e Novo Testamento. A Igreja também usava imagens nas igrejas para dizer aos fiéis como levar uma boa vida católica, seguindo os sacramentos e evitando os sete pecados capitais. As cenas mais comumente descritas eram os trabalhos dos meses, o zodíaco, o juízo final e a coroação da Virgem.

Sacro Império

A Igreja e as pessoas acreditavam que a Igreja não só representava o reino santo, mas era em si um reino santo. Por essa razão, deve ter a sensação de entrar no céu. O cheiro de incenso, o silêncio mantido na igreja e a luz celestial que entra pelos vitrais contribuíam para esse sentimento. A maior parte da população da Europa vivia em condições precárias ou modestas para os padrões atuais. Isso significava que a beleza da igreja, criada em grande parte pelos vitrais, criava uma atmosfera celestial, reverente. Isso cativava o povo e restaurava sua fé em Deus e na Igreja.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...