Saúde

O que acontece se um filhote de cachorro recebe uma vacina antirrábica muito cedo?

Escrito por amy m. armstrong Google | Traduzido por ricardo castiglioni
 O que acontece se um filhote de cachorro recebe uma vacina antirrábica muito cedo?

A vacina antirrábica é obrigatória para filhotes

puppy image by marca coffey from Fotolia.com

A vacinação antirrábica para cães é obrigatória. Esse requisito é importante devido a uma boa razão. A raiva é uma doença viral mortal que ataca o sistema nervoso central. Na maioria dos casos, a infecção é fatal. Como ela se propaga através da saliva, o comportamento de lamber dos cães os torna principais os candidatos a uma infecção. O controle adequado de vacinas de filhotes de cachorro pode protegê-los dessa doença.

Outras pessoas estão lendo

Proteção da mãe

puppy image by marca coffey from Fotolia.com

O filhote recebe da mãe alguma proteção inicial contra a raiva. No útero, a placenta passa alguns anticorpos semelhantes aos que a mãe tem na corrente sanguínea para o filhote antes do nascimento. Após o nascimento, o filhote ganha uma proteção temporária considerável dentro das primeiras 48 horas, contanto que ele mame na mãe enquanto ela estiver produzindo colostro, ou o primeiro leite. Ele contém anticorpos que são idênticos aos que protegem a mãe. Qualquer vacinação que a mãe tenha recebido nos dois ou três anos anteriores será passada para o filhote. Como a vacina contra raiva é necessária a cada três anos, saber quando a última dose da mãe foi administrada é uma boa informação ao comprar um filhote.

Quanto tempo dura a proteção

puppy image by marca coffey from Fotolia.com

A duração da proteção conferida pelo colostro materno é um ponto de discórdia nos círculos de criadores de cães e veterinários. Muita pesquisa acadêmica tem sido conduzida para determinar quanto tempo um filhote é protegido pelo leite das mães. A resposta é: isso varia de acordo com a raça e pela qualidade do colostro produzido por cada mãe individualmente. Em geral, os anticorpos passados da mãe para o filhote fornecem proteção para aproximadamente três a quatro meses de doenças que a mãe recebeu vacinação antes da concepção e nascimento dos filhotes.

Época adequada para vacina antirrábica

puppy image by marca coffey from Fotolia.com

Como acontece com todas as outras vacinas, se uma dose de antirrábica for dada a um filhote de cachorro enquanto a imunidade passiva de sua mãe ainda estiver ativa, a inoculação não realizará proteção a longo prazo. Os anticorpos presentes da mãe vão tratar a vacina como um invasor biológico e atacá-lo ao cercá-lo com células brancas do sangue, assim, matando a estirpe viral que destina-se a proporcionar proteção. A maioria dos veterinários usa três meses como a referência para dar a vacinação antirrábica. Na maior parte dos casos, os filhotes são separados da interação com outros animais até essa idade, reduzindo significativamente seus riscos.

Possíveis efeitos colaterais

puppy image by marca coffey from Fotolia.com

Existem possíveis efeitos colaterais para a vacinação antirrábica e o dono do cão deve tê-los em mente. O local da injeção ficará dolorido e suscetível a uma infecção secundária. Alguns cães vomitam após a inoculação. Outros efeitos colaterais podem incluir inchaço, febre leve e letargia. Esses sintomas passam dentro de três dias, na maioria dos casos. No entanto, alguns cães têm reações mais violentas para vacinação. Estas incluem choque, perda de controle muscular e perda de consciência. Esses sintomas exigem cuidados veterinários.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media