Como assar carne de peito suculenta

Escrito por taylor divico | Traduzido por juliano burke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como assar carne de peito suculenta
Cozinhe lentamente o peito para manter os sucos da carne (PhotoObjects.net/PhotoObjects.net/Getty Images)

Preparar e cozinhar lentamente um peito grande com as técnicas corretas resultará em fatias tenras de carne cheias de sabor. O peito de porco e carne são peças padrão de churrasco, com o corte de carne proveniente da área do peito de um porco ou de uma vaca, com uma camada de gordura. Se quiser impressionar os colegas entusiastas de churrasco com um peito suculento, deixe a peça marinando e cozinhe a carne em temperaturas baixas para manter os sucos da carne que saem do osso.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Faca serrilhada
  • Marinada
  • Pincel de pastelaria
  • Saco de plástico grande
  • Assador (opcional)
  • Molho
  • Papel alumínio
  • Termômetro de carne

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Corte a capa de gordura do peito para que fique com uma espessura de 6 mm. Isso permitirá que a marinada e a fumaça se infiltrem na carne, criando uma consistência macia.

  2. 2

    Faça uma marinada ou compre uma. Pequenas quantidades de ingredientes ácidos, como vinagre de vinho tinto e limão, deixam as proteínas da carne tenras, enquanto especiarias como gengibre quebram o tecido conjuntivo. A marinadas contendo tais ingredientes amaciam a carne e a deixam com uma consistência suculenta.

  3. 3

    Faça incisões no peito com uma faca serrilhada. Corte diagonal, vertical e horizontalmente, com cerca de 2,5 cm de distância, em todos os lados para formar um padrão cruzado.

  4. 4

    Mergulhe um pincel na marinada e passe quantidades generosas em todos os lados do peito. Coloque-o em um saco plástico grande, lacrado e despeje a marinada dentro do saco. Deixe na geladeira por 24 horas para marinar e amaciar.

  5. 5

    Pré-aqueça o forno ou grill em 120° C ou defumador em 130° C. As temperaturas de cozimento mais baixas permitem um cozimento lento, o que mantém a umidade no peito em vez de ressecá-lo com temperaturas altas.

  6. 6

    Coloque o peito com o lado da gordura voltada para baixo em uma forma se for cozinhá-lo no forno e cubra com papel alumínio. Coloque o peito para o lado das chamas se for assar na churrasqueira, ou coloque no defumador. A bandeja de água no defumador ajuda a manter a umidade, então a maneira indicada é a mais lenta possível.

  7. 7

    Cozinhe o peito por cerca de 45 minutos por quilo no forno ou uma hora por quilo no defumador ou churrasqueira. Pincele o peito com um molho contendo ingredientes como azeite de oliva, vinagre de vinho tinto, sal e pimenta, em intervalos de uma hora durante todo o tempo de cozimento. O molho é diferente da marinada e destina-se a regar a carne para mantê-la úmida.

  8. 8

    Enrole o peito em papel alumínio, se for defumar ou colocar na churrasqueira, e deixe até a metade do tempo de cozimento para preservar os sucos, que mantêm a carne macia e saborosa.

  9. 9

    Teste o peito com um termômetro de carne e retire-o do fogo quando atingir cerca de 90° C. Mantenha o peito coberto com papel alumínio e deixe descansar por ao menos 30 minutos. Isto permitirá que as fibras da carne absorvam a marinada e os sucos naturais da carne criando uma textura suculenta.

  10. 10

    Retire o papel alumínio e encontre a linha da carne, que é a direção natural das fibras musculares. Para manter os sumos da carne, corte o peito na direção dos músculos. Cubra o peito com papel alumínio até cortá-lo novamente. Isto reterá a umidade para que as fatias permaneçam úmidas, ao passo que quando exposta ao ar, elas ressecarão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível