Atividades de ciência para estudantes de educação especial

Escrito por heather kinn | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Atividades de ciência para estudantes de educação especial
A aprendizagem especial pode ser uma atividade recompensadora. (Education image by Jaimie Duplass from Fotolia.com)

Estudantes de educação especial geralmente apresentam um bom rendimento de aprendizado com metodologias multi-sensoriais e práticas. As atividades de ciências envolvendo experimentos que eles possam executar e descrever em seguida são uma maneira maravilhosa para integrar a instrução significativa e reforçar a leitura e escrita.

Outras pessoas estão lendo

Projetos práticos

Crianças adoram ciência, especialmente a que eles podem digerir. Um experimento simples, fácil e que as crianças podem realizar é fazer manteiga. Os estudantes devem trazer um pequeno pote com tampa (pode ser um pote antigo de manteiga de amendoim, geleia ou gelatina) e colocar dentro dele um creme consistente. O pote deve ser fechado e os alunos devem agitá-lo. Conforme eles agitam o frasco, as moléculas de proteína e gordura no creme irão se juntar para fazer a manteiga. Há também um líquido que os alunos podem usar chamado soro de manteiga. O aprendizado nessa experiência é que a fricção pode causar uma alteração no estado de creme.

Sorvete para a ciência

Manteiga é bom, mas sorvete é ainda melhor. Esta experiência flui melhor se você chamar as crianças uma de cada vez, ou em pares para fazer cada passo. Deixe que os alunos trabalhem juntos em pequenos grupos para escrever os resultados do experimento.

Prepare seu experimento

Use uma receita de sorvete que não necessite ser cozido e reúna seus ingredientes. Conforme você coloca gelo e sal no saco, pergunte-lhes por que você precisa fazer isso. O que o gelo vai fazer com a mistura? Por que adicionar sal? O que o sal faz ao gelo? Uma vez que os sacos forem fechados, deixe que as crianças coloquem luvas e alternem-se para amassar os sacos.

Dando instruções

Conforme a mistura começa a congelar, converse com os alunos sobre o que está acontecendo com o sorvete. O gelo e sal reduziram a temperatura, e cristais de gelo começam a se formar. Por que nós estamos amassando a mistura? Quando o sorvete estiver pronto, deixe os alunos experimentarem sua criação e, em seguida, escrever os resultados.

Currículo integrado e crianças com dificuldades de aprendizagem

Esta técnica de ensino é multi-sensorial, o que favorece crianças com dificuldades de aprendizagem, e é também um exemplo de currículo integrado. No entanto, deve destacar-se que, embora essa seja uma instrução integrada, o instrutor deve se preocupar em ensinar a ciência e certificar-se de que os alunos compreendam os princípios subjacentes de como funcionam as experiências. Ortografia e gramática não devem ser consideradas igualmente a esses princípios, pois irão distrair o foco dos alunos. As crianças com dificuldades de aprendizagem muitas vezes têm de se concentrar na correlação som-símbolo e ortografia, em detrimento ao conteúdo. Use essa atividade para reforçar as artes da linguagem, mas não introduza novos conceitos ao assunto. Deixe que os alunos apreciem a ciência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível