Atividades para ensinar sobre placas tectônicas

Escrito por naomi bolton Google | Traduzido por maria pereira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Atividades para ensinar sobre placas tectônicas
Magma e lava muitas vezes criam novas paisagens geológicas (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Os estudantes podem escolher entre uma série de atividades interessantes para entender melhor o fenômeno um tanto complicado das placas tectônicas e seu movimento. Atividades que mostram como o interior da Terra é constituído podem ser ferramentas importantes para introduzir o tema das placas tectônicas para os estudantes. Os alunos podem se envolver em várias atividades adequadas para todas as faixas etárias.

Outras pessoas estão lendo

O interior da Terra

Os alunos precisam de uma compreensão do interior da Terra para entender as placas tectônicas. Frutas com um buraco de tamanho considerável servem como uma boa analogia para demonstrar a construção do interior da Terra. Ameixa ou pêssego funcionam bem e os estudantes podem facilmente cortar essas frutas pela metade. Os tamanhos dos pêssegos e das ameixas são proporcionais ao interior da Terra. Corte uma ameixa na metade e mostre aos estudantes a fina camada de pele e a semente localizada no centro. Mostre-os a massa da fruta. A Terra, de uma forma semelhante, possui uma massa fina e um núcleo no centro. Tal como no caso da ameixa ou pêssego, o manto terrestre contém a maioria da massa do nosso planeta.

Apresentações com ilustrações

Apresentações com ilustrações ajudam os alunos a entender o movimento espacial das placas tectônicas. Os alunos que participam destes exercícios de desenho obtêm uma compreensão mais profunda do os que só leem em sala de aula sobre o assunto. Isso ocorre porque os alunos entendem e lembram melhor quando participam ou fazem alguma atividade ativamente do que quando eles leem. Desenhar apresentações é uma experiência agradável ​​para o desenvolvimento da aprendizagem do aluno e os processos de retenção. Eles também podem manter os seus desenhos para o futuro a fim de ter de referências na hora do estudo. Os professores podem usar ilustrações pré-desenhadas e colocá-las em um retroprojetor, enquanto os alunos trabalham com fotocópias das ilustrações.

Modelo de caixa de sapato

Os alunos podem construir um modelo usando placa de espuma flexível e uma caixa de papelão para entender melhor o movimento das placas tectônicas oceânicas. Junte as peças de placa de espuma com fita adesiva para criar duas placas representando a litosfera oceânica. Cada fita representa um período de tempo de 5 milhões de anos. Corte a tampa da caixa e insira ambas placas de espuma parcialmente nessas ranhuras. Coloque uma placa para a direita e as outras para a esquerda. Na natureza, uma vez que estes locais gigantescos são empurrados para cima e para o lado o magma sob o oceano forma novas camadas no fundo do mar. Deslize as placas de espuma longe uma da outra para simular como o magma empurra o solo do oceano de lado para criar um novo.

Vulcões e terremotos

Para esta atividade, peça aos alunos que desenhem um mapa das placas tectônicas, usando a localização dos vulcões existentes e a história de terremotos significativos como pontos de referência. Saber a origem dos terremotos e a distribuição dos vulcões auxilia os alunos a encontrar os limites das placas tectônicas. Eles podem identificar os três tipos de limites de placas: transformante, convergente e divergente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível