Como calcular o momento de dipolo

Escrito por jack ori | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Os átomos em uma molécula se ligam compartilhando elétrons. Teoricamente, os átomos compartilham elétrons igualmente, de modo que a carga elétrica positiva de um átomo se balanceia com a carga negativa do outro. Na prática, entretanto, o compartilhamento de elétrons é imperfeito, pois os átomos ligados entre si não se sobrepõem perfeitamente. Logo, o elétron carrega uma pequena carga quando viaja de um átomo para outro em uma ligação. A carga torna-se maior à medida que a distância entre os átomos aumenta. Essa carga é conhecida como momento dipolar, e a substância feita por esses tipos de pares é considerada dipolar. A água é um exemplo de substância dipolar.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Valor da carga iônica em coulombs
  • Distância entre os átomos em metros
  • Lápis
  • Papel
  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Escreva a fórmula dos momentos dipolares em seu papel: |m| = Q * R. Nessa fórmula, |m| é o valor absoluto do momento de dipolo, o que significa que o número será expresso positivamente, mesmo que o cálculo em si resulte em um número negativo. "Q" significa o valor da carga, medida em coulombs. Ao calcular momentos dipolares, pode-se escolher tanto a carga negativa de um átomo quanto a positiva do outro, pois ela são iguais. O "R" é a distância em metros entre o íon positivo e o negativo.

  2. 2

    Aplique os números para "Q" e "R" na equação do passo anterior, e faça os cálculos. Use coulomb metro como sua unidade de medida.

  3. 3

    Tenha em mente que mesmo calculando o seu valor absoluto, o momento de dipolo é uma grandeza vetorial.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível