Características gerais dos anelídeos

Escrito por simon green | Traduzido por jessica pietro pupo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características gerais dos anelídeos
Os anelídeos, incluindo as minhocas, possuem um corpo cilíndrico e segmentado (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Anelídeos, ou vermes segmentados, são representados por mais de 17.000 espécies modernas, incluindo minhocas e sanguessugas. Exitem muitas subcategorias diferentes de anelídeos, mas todas, como pode ser deduzido pelo nome, possuem corpo segmentado, que cria um efeito anelado ao longo do mesmo. Eles podem e vivem em praticamente qualquer ambiente da Terra, em uma variedade ou outra, mas preferem condições úmidas e chuvosas.

Outras pessoas estão lendo

Características externas

Todos os anelídeos possuem um corpo longo, cilíndrico e simétrico. Os segmentos geralmente são separados por septos, que criam cavidades divididas, realizando o mesmo trabalho da parte do meio, entre as narinas humanas. Eles também possuem pogonóforos e equiuros, apêndices pequenos e similares a pelos, ao longo da lateral do corpo, que são usados para os sentidos. Algumas espécies também possuem sipuncula, um par de apêndices semelhantes às pernas que são usados para o movimento. Todas as categorias de anelídeos possuem uma boca na frente e um ânus na extremidade da cauda.

Características internas

A estrutura interna dos anelídeos é muito mais uniforme ao longo das espécies. Eles possuem um cérebro e um esôfago localizados atrás da boca. Mais para baixo existem cinco pares de corações. Eles possuem um único e longo trato digestivo, percorrendo quase toda a extensão do corpo, mas não um sistema digestivo verdadeiro. Eles não possuem órgãos respiratórios (eles "respiram" através da pele) e nem sistema circulatório. Existe um sistema nervoso muito básico, controlado por um nervo central.

Características das espécies

Diversas subespécies de anelídeos possuem suas próprias características externas. Os poliquetas, que perfazem a maioria das espécies de anelídeos, possuem múltiplos pelos por segmento, e sempre possuem spuncula para auxiliar no movimento. A maioria deles vivem em água salgada. Os oligoquetas possuem apenas alguns pares de pelos por segmento, e vivem principalmente na terra, com tendência a se enterrarem embaixo do solo. Os clitelados também costumam vivem em terra, mas eles possuem uma sela, ou clitelo, em algum lugar do corpo. Os hirudíneos são a variedade de anelídeos que sugam sangue, estes incluem as sanguessugas.

Características reprodutivas

Estes animais se reproduzem tanto assexualmente, quanto sexualmente. Os poliquetas, que são em sua maioria animais de água salgada, são assexuados, o que significa que não existem fêmeas ou machos nas espécies. Eles se reproduzindo por divisão ou brotamento de um novo organismo. Outros poliquetas se reproduzem assexuadamente em uma época do ano e sexualmente em outra. Outras variedades de anelídeos podem colocar ovos, que depois são fertilizados, e produzem adultos em miniatura em vez de uma forma larval. Outros realizam uma forma muito básica de relação sexual. Alguns anelídeos podem se reproduzir apenas uma vez durante toda a vida, enquanto outros se reproduzem várias vezes em um ano. A maioria dos anelídeos é classificada como hermafrodita, já que são capazes de mudar de gênero.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível