Características de segurança de carros de fórmula F1

Escrito por justin mitchell | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Características de segurança de carros de fórmula F1
Carros de Fórmula 1 possuem várias características para proteger motoristas e espectadores (formula image by goce risteski from Fotolia.com)

Corrida de Fórmula 1, ou F1, é uma forma popular de corrida de carros nomeada pelo estilo do projeto dos veículos envolvidos. Essa corrida é definida pelo desenho geral dos carros utilizados em seus eventos, que são geralmente de assento único, com rodas abertas e projetadas para avançar o mais rápido possível. A corrida de Fórmula 1 pode ser muito perigosa, e por essa razão existem várias características de projeto para aumentar a segurança do motorista.

Outras pessoas estão lendo

Monocoque

O monocoque é um importante elemento de projeto em corridas de Fórmula 1 modernas. Monocoque significa "concha única" ou "tubo", em francês, e cria a cabine do motorista e a concha de sobrevivência, como também atua como um grande componente do chassi do veículo. O monocoque é feito de fibra de carbono, às vezes tão espesso como 60 camadas.

Concha de sobrevivência

A concha de sobrevivência é construída no monocoque e abriga a cabine do piloto. Ela é rodeada por estruturas amortecedoras de choque construídas a partir de material maleável. A concha de sobrevivência também contém o apoio da cabeça e do pescoço (HANS). Os lados da concha também são protegidos com uma camada de carbono e um polímero especial, chamado de polibenzoaóxido (PBO), também conhecido como Zylon. Essa camada previne que fragmentos do corpo do carro entrem na cabine do piloto.

Cabine do piloto

O projeto da cabine do piloto permite que o piloto saia do veículo sem ter que remover nada além do cinto de segurança e do volante. As dimensões da cabine também ajudam o motorista a escapar rapidamente: eles tem 850 mm de comprimento, 350 mm de largura nos pedais, 450 mm de largura no volante e 520 mm na metade posterior. Adicionalmente, nenhuma gasolina, óleo ou água pode passar através dela. Ela também deve ser revestida com um interruptor, para desligar os equipamentos eletrônicos do veículo.

Cinto de segurança

Os cintos de seguranças em veículos de Fórmula 1 usam arreios com seis pontos, significando que seis tiras diferentes mantêm o motorista no lugar e absorvem a força de impacto potencial. As tiras consistem de duas alças no ombro, duas alças pélvicas e duas alças na perna. Os cintos são tecidos a partir do náilon e se encontram em um arreio central, onde podem ser soltos com um único giro da mão.

HANS

O sistema de suporte de cabeça e pescoço (HANS) é projetado para funcionar em conjunto com o cinto de segurança. O sistema mantém a cabeça do motorista no lugar, se houver uma força repentina no carro. Isso assegura que o motorista seja protegido de danos decorrentes de ricocheteadas.

Amarras da roda

As amarras da roda conectam as rodas ao chassi do carro da F1. Elas estão no lugar para preveni-las de saírem do veículo e causarem danos ou machucados mais profundos. As amarras da roda são construídas a partir do Zylon. Eles podem suportar uma carga com cerca de 5,000 kg.

Sistema de combate de incêndios

Cada carro também possui um sistema de combate de incêndios construído, que automaticamente solta fumaça em torno do chassi e do motor, se um incêndio iniciar. O sistema também pode ser ativado manualmente ou pelo motorista ou chefe da corrida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível