Mais
×

Ciclo de vida da jiboia

Atualizado em 07 junho, 2017

A família Boidae compreende 40 espécies, incluindo a jiboia. As jiboias são encontradas em uma grande variedade de habitats na América do Sul, na América Central e no México, além de uma população invasiva recém-criada na Flórida. Elas podem atingir até 4 metros de comprimento e pesar mais de 20 quilos.

Jiboia (boa image by Pascal Péchard from Fotolia.com)

Reprodução

Jiboias são ovovivíparas, o que significa que incubam seus filhotes internamente durante de 5 a 8 meses e depois dão a luz. O tamanho médio da ninhada é de 25 filhotes, com um recorde de mais de 60.

Desenvolvimento

Os filhotes de jiboia, que se assemelham a pequenos adultos, são independentes desde o nascimento. A mortalidade por predação é alta enquanto as cobras são jovens. Elas atingem a maturidade em três anos.

Crescimento físico e troca de pele

Como outras cobras, as jiboias mudam toda sua pele regularmente ao longo de suas vidas para acomodar o crescimento do corpo e para se livrar de parasitas. A nova pele já vem formada abaixo da velha.

Cobras trocam de pele para crescer (snake image by Andrii IURLOV from Fotolia.com)

Hábitos alimentares

Jiboias são caçadoras de emboscada, o que significa que ficam em silêncio à espera de que as presas passem. A maioria delas se alimentam de morcegos, aves e mamíferos de pequeno e médio porte, apertando a presa até a morte e engolindo-a inteiramente.

Os morcegos são uma iguaria para jiboias (fruit bats 3. image by mdb from Fotolia.com)

Comportamento e características

Elas vivem sozinhas em grandes territórios, caçando à noite ou ao amanhecer e ao anoitecer. A digestão de uma grande refeição pode levar uma semana inteira. Jiboias têm um forte senso de olfato e boa visão.

Tempo de vida

Jiboias adultas têm poucos predadores naturais. De acordo com a National Geographic, elas vivem de 20 a 30 anos na natureza.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article