O que são cistos sebáceos caninos?

Escrito por sondra hubbard Google | Traduzido por maria cristina marques
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são cistos sebáceos caninos?
Marque uma consulta com o veterinário se perceber qualquer inchaço diferente na pele do seu cão (Dean Golja/Digital Vision/Getty Images)

Cistos sebáceos caninos são nódulos gordurosos sob a pele do cão. Na maioria das vezes são inofensivos ou benignos. É muito raro um cisto sebáceo ser maligno, mas não é impossível. O melhor a fazer é observar do animal e, se perceber um inchaço ou nódulo novo, levá-lo ao veterinário para ser examinado. Entender o que são cistos sebáceos, ou lipomas, facilita o monitoramento do cão.

Outras pessoas estão lendo

Cães com maior risco

Os cistos sebáceos aparecem com maior frequência em cães de meia idade e mais velhos, por serem menos ativos que os mais jovens. As fêmeas correm mais riscos que os machos, assim como animais com sobrepeso ou obesos. As raças mais susceptíveis incluem Doberman Pinscher, Schnauzer miniatura, Labrador Retriever e as raças misturadas, mas os lipomas não são considerados um defeito genético.

Localização

Os lipomas podem ser encontrados em qualquer parte do corpo do cachorro, mas costumam aparecer com maior frequência no peito, estômago ou baixo ventre e coxas, sob a pele; às vezes podem se enraizar entre o músculo e tecido conjuntivo. Eles normalmente crescem devagar e não se espalham pelo corpo todo. Verifique essas áreas a cada semana e, se perceber um nódulo novo, peça a seu veterinário para investigá-lo e certificar-se de que se trata de um tumor gorduroso e não uma massa maligna

Características

Os cistos sebáceos geralmente são nódulos redondos que se movem sob a pele e têm as bordas lisas. Seu cão não vai perder o pelo da área ao redor do cisto nem sentir dor se for tocado; a pele não ficará irritada ou vermelha. O tamanho do cisto não é consistente, podendo ser bem pequeno ou ficar do tamanho de uma bola de boliche.

Tratamento

Os cistos sebáceos caninos não são dolorosos e não apresentam risco de vida para o cão, então os veterinários preferem deixá-los em paz. Devido aos riscos e complicações das cirurgias, não vale a pena empreendê-las somente para a remoção do nódulo. No entanto, se seu será anestesiado e submetido a um procedimento cirúrgico por alguma outra razão, o veterinário pode aproveitar e remover o lipoma. Geralmente os donos controlam os cistos todo mês, então, se houver uma mudança repentina em sua aparência, se começarem a sangrar ou aumentarem de tamanho de forma demasiada de forma a afetar os movimentos do cão, seu veterinário pode optar por retirá-los.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível