Componentes das células de protistas

Escrito por drew lichtenstein | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Componentes das células de protistas
O Reino Protista é subdividido em três grupos (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

O Reino Protista é uma classe que inclui organismos unicelulares ou multicelulares, assim como organismos unicelulares organizados em colônias. Os protistas também podem ser subdivididos em três grupos com base na forma de obtenção de nutrientes: protozoa, algae e funguslike protozoa. Com todas estas subdivisões no reino, não é surpreendente que poucos componentes celulares sejam comuns a todos os organismos protistas.

Outras pessoas estão lendo

Mitocôndria

Muitos organismos do reino protista apresentam mitocôndria. A mitocôndria é a fonte primária de energia de uma célula, pois converte o ATP (adenosina tri-fosfato) em energia. A mitocôndria é constituída de proteínas e apresenta diversas camadas. Além disso, a mitocôndria apresenta vários genes em moléculas de DNA. Entretanto, nem todos os organismos protistas apresentam mitocôndrias; por exemplo, o grupo Archaezoa não apresenta esta organela. Em muitos seres protistas, a mitocôndria é o único órgão interno significativo.

Flagelo

Muitos organismos do reino protista apresentam flagelo, que é como uma cauda no exterior da célula que permite sua movimentação. O flagelo é constituído por três partes: o filamento, que é a estrutura que vem diretamente do interior celular; o corpo basal, que controla o movimento; e o gancho, que conecta o filamento ao corpo basal. Os protistas que apresentam flagelo incluem o dinoflagelado, que é famoso por causar o fenômeno conhecido como "onda vermelha".

Pseudópodos

Alguns organismos protistas possuem pseudópodos (palavra grega que quer dizer "pés falsos"). Um pseudópodo é um circuito de fibras da célula que se projeta sobre os alimentos, e em seguida puxa consigo o resto da célula. O pseudópodo pode ser utilizado para capturar alimentos ou para a movimentação. O exemplo mais bem conhecido de organismo com pseudópodos é a ameba, pertencente ao grupo dos rizópodes.

Cílios

Um terceiro tipo de movimento desenvolvido pelos protistas é originado por um componente celular chamado de "cílios". Os cílios são pequenos fios que se estendem desde a membrana da célula e batem para frente e para trás. De forma muito similar à dos pseudópodos, protistas ciliados também se movem sobre seus alimentos. Os cílios propriamente são compostos por dez pares de microtúbulos. Exemplos de protistas ciliados são o paramécio e os membros da família Stentoridae.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível