Comportamento animal: gatos siameses

Escrito por ann murray | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Comportamento animal: gatos siameses
Os gatos siameses podem ser leais e calmos, mas requerem muita atenção (photo siamese cat image by Aleksandar Radovanovic from Fotolia.com)

Os gatos siameses, originários do Sião (atual Tailândia), compreendem uma das raças felinas mais antigas. Geralmente, vivem bastante (mais de 15 anos) e são considerados inteligentes e temperamentais, como informa o site americano "We Are Siamese". Sua marca distintiva é a pelagem, que pode ter uma coloração amarronzada, azul (acinzentada), chocolate ou lilás, além dos intensos olhos azuis. Como animal de estimação, os siameses podem ser leais e calmos, mas requerem muita atenção.

Outras pessoas estão lendo

Treinamento

Os siameses são normalmente inteligentes e bastante adestráveis. No entanto, podem ser voluntariosos e, muitas vezes, requerem consistência, especialmente durantes os primeiros ensinamentos de um novo comportamento, de acordo com o site "Traditional Breeds". Se não obtiverem atenção suficiente, podem se revoltar, desenvolvendo maus hábitos, como arranhar coisas e pessoas ou eliminar as necessidades fisiológicas fora da caixa de areia.

Voz

Uma das características mais famosas dos siameses é a vocalização. Essa espécie possui cordas vocais complexas e é capaz de produzir uma gama de intonações, de acordo com a faculdade de medicina veterinária da Cornell University. Muitos donos de siameses afirmam que conseguem identificar diferentes vocalizações referentes a sentimentos específicos, como fome ou tristeza. Normalmente, a tendência à vocalização aparece quando os gatos ainda são filhotes. Logo, os donos em potencial podem avaliar o nível de barulho antes de adotá-los, conforme o site "Cat Channel".

Território

Ainda de acordo com o site "We Are Siameses", os siameses podem ser muito territorialistas. Eles podem ser possessivos acerca de lugares e pessoas e, normalmente, apresentam comportamento agressivo quando se sentem ameaçados em seu próprio território. Felizmente, eles podem ser treinados a serem menos territorialistas através da socialização cuidadosa com outros gatos, embora isso se torne mais difícil à medida que envelhecem.

Macho versus fêmea

De acordo com o site "Siamese Rescue", os machos e fêmeas dessa raça se comportam de formas diferentes. Geralmente (e existem muitas exceções), as fêmeas tendem a ser mais independentes, temperamentais e mais inteligentes do que os machos. Elas também costumam desenvolver laços estreitos com uma determinada pessoa e possuem maior dificuldade para se adaptarem à novas realidades. Os machos são mais parecidos com os filhotes: afáveis, amistosos e adaptáveis.

Sucção de tecidos

De acordo com a Cornell University, os siameses estão mais propensos à sucção e mastigação neurótica de tecidos do que outros gatos. Esse comportamento compulsivo é similar às desordens compulsivas obsessivas em humanos. Embora problemático, é relativamente raro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível