A composição de rocha da lua

Escrito por chris stevenson | Traduzido por bruno manuel silva morais
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A composição de rocha da lua
As rochas mais antigas da lua são aproximadamente da mesma idade que a terra (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A lua, único satélite natural da Terra, era um mistério geológico até o primeiro pouso em 1969, onde os astronautas pegaram rochas e amostras do solo para trazer de volta e estudar sua constituição e composição química. Embora os cientistas possam apenas especular sobre o interior e materiais do núcleo da lua, aprendemos muito mais sobre a composição da superfície, como resultado de muitas missões que reuniram amostras de rocha e solo de vários locais.

Outras pessoas estão lendo

O material do núcleo lunar

A lua é composta de camadas muito parecidas com a Terra. A primeira ou a camada mais interna compõe o núcleo, que tabula cerca de 20 por cento do diâmetro da lua. Os cientistas acreditam que o ferro metálico reside no núcleo, juntamente com pequenas quantidades de níquel e enxofre. Astrônomos supõem que o núcleo da lua é parcialmente fundido, consistindo de ferro derretido.

Manto

A seguinte camada, externa ao núcleo da lua é o manto, a maior área de superfície sólida da lua. O manto lunar é bastante superficial no topo, a camada superior, com uma profundidade de cerca de 50 quilômetros abaixo da superfície da lua. Os cientistas acreditam que o manto é constituído por material rochoso contendo os minerais clinopiroxênio, ortopiroxênio e olivina. Acredita-se também que o manto da lua contém mais ferro do que o da Terra.

Crosta

A camada mais exterior, ou topo, da lua contém a crosta, a qual, em média, atinge uma profundidade de 50 km. As amostras provaram que vários produtos químicos e minerais estão presentes na maioria das rochas, como por exemplo alumínio, cálcio, ferro, magnésio, silício e oxigênio. Foram encontrados vestígios de elementos contendo hidrogênio, potássio, urânio, tório e titânio.

Pó lunar

A lua tem camadas rolantes de solo fino, poeirento, espalhado entre pequenas pedras chamados regolito. Este consiste de partículas finas que foram produzidas como resultado do impacto repetido de meteoros e asteroides. Cada cratera da lua tem um perímetro de material ejetado em torno dela chamado cobertor ejetado.

Distinções geográficas

O material das mais baixas elevações da lua, como os (mares) maria consistem principalmente de basaltos escuros, que ocorreram durante a atividade vulcânica e resfriamento muito rápido. As rochas nas áreas montanhosas consistem principalmente de anortosito, que é semelhante à rocha ígnea, após o arrefecimento mais lento do que rocha basáltica. Foram encontrados espécimes espalhados nas áreas maria e montanhosa chamadas brechas. Estas são o resultado de meteoros atingindo uma superfície e, em seguida, soldando ou combinando com os minerais, devido ao calor e à pressão elevada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível