Conheça um pouco sobre a raiz do coqueiro

Escrito por jan day | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Conheça um pouco sobre a raiz do coqueiro
Os coqueiros têm uma raiz fibrosa que suga água da superfície do solo (coconut palm image by Pix by Marti from Fotolia.com)

Os coqueiros têm raízes que crescem pouco acima da superfície do solo e formam uma massa fibrosa que vai da base da árvore até distâncias equivalentes à altura da planta. O sistema de raiz raso, ausência de uma raiz axial e a preferência do coqueiro por solos arenosos facilitam o desenraizamento da árvore.

Outras pessoas estão lendo

Fundamentos

Os coqueiros crescem nos trópicos. Eles são grandes árvores de uso paisagístico, suas frondosas folhas têm uso decorativo e seus frutos, os cocos, são comestíveis e podem produzir óleos. As árvores crescem em solos arenosos, com alta umidade, clima quente, luz solar forte e chuvas regulares. De acordo com o site Blue Planet Biomes, os coqueiros brotam no litoral ou perto dele, de forma que seu sistema de raízes pouco profundas tenha acesso à água. Essas plantas têm tolerância à água salgada.

Conheça um pouco sobre a raiz do coqueiro
Os coqueiros precisam de clima quente e úmido bem como de solo arenoso (coconut palms image by Adrian Hillman from Fotolia.com)

Sistema da raiz

O sistema da raízes do coqueiro consiste em vários ramos finos que emergem para longe em direção oposta à da planta e se encontram próximos à superfície, segundo o site Ikisan Agricultural Information of India. Apenas algumas das raízes vão até as profundezas do solo para dar à palmeira estabilidade. Esse sistema de raiz é conhecido como fibroso, ou adventício, e é característico de espécies gramíneas. Outras espécies de árvores grandes produzem uma única raiz de sustentação que cresce em sentido contrário ao das folhas, com umas poucas raízes de nutrição se estendendo a partir da principal.

Já o coqueiro continua a produzir raízes pela base do caule ao longo de sua vida, de acordo com o site da Ikisan. A quantidade de raízes depende do ambiente e da idade da planta, sendo possível existir mais de 3.600 raízes em uma árvore que tenha entre 60 e 70 anos.

As raízes do coqueiro geralmente medem cerca de 7,5 centímetros de diâmetro, e tal espessura se mantém desde o tronco da árvore até a ponta da raiz.

Características

Algumas espécies de coqueiro podem crescer até aproximadamente 24 metros. Outras, como o coqueiro anão, têm troncos menores e folhas mais compridas, explica o Blue Planet Biomes. Coqueiros chegam à fase adulta em um ou dois anos, produzindo até cinquenta cocos anualmente.

Os coqueiros nascem nas zonas tropicais da África, Ásia, América Central, América do Sul e nas Ilhas do Pacífico. Nos Estados Unidos, elas nascem no Havaí, Porto Rico, Ilhas Virgens Americanas e no extremo sul da Flórida.

Considerações

A maioria dos agentes químicos danificam ou matam os sensíveis sistemas que compõem as raízes dos coqueiros, conforme o site AmbergrisCaye.com. Produtos químicos, inclusive concreto, não devem ser usados perto deles. Se plantadas muito próximos à calçadas ou ao asfalto, as árvores podem morrer.

Cultura

Coqueiros nascem apenas dos cocos que produzem, nunca de cortes ou enxertos. As sementes estão prontas para plantio quando fazem barulho quando coco é chacoalhado. As sementes devem ser enterradas pela metade e posicionadas de lado, em solo arenoso ou em meio a folhagem, e eles germinam com mais sucesso em temperaturas entre 32 ºC e 37 ºC. Raízes e brotos emergirão dos lados ou de uma das pontas da semente, de acordo com o Serviço de Extensão da Universidade da Flórida. Depois de seis meses, essas jovens árvores podem ser transportadas para quintais, jardins ou para vasos maiores. Seu sistema de raízes as torna fáceis de transportar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível