×
Loading ...

Fatos sobre a raiz do abacateiro

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Os abacateiros produzem um sistema radicular superficial, agressivo, tornando-os suscetíveis a infecções e podridões causadas por inundações e danos por atividades superficiais. Enquanto muitas crianças possuem palitos presos em caroços de abacate e os colocam em uma jarra de água para assistir às raízes emergirem e crescerem, a maioria das árvores de abacate comerciais e de paisagem é cultivada a partir de enxertos do estoque de raízes, e não de sementes.

Os abacateiros produzem um sistema radicular superficial, agressivo e que sufoca a vegetação vizinha (avocado fruits on a wild avocado tree image by Lars Lachmann from Fotolia.com)

Fundamentos

As árvores de abacate produzem um rico fruto verde prevalente na culinária mexicana e valorizado por seus óleos. Nativo de áreas áridas e quentes da América do Norte e do Sul, as variedades resistentes agora crescem em áreas subtropicais, incluindo Califórnia, Havaí, Flórida, Índias Ocidentais e a área do Mediterrâneo, segundo o site dos Produtores de Frutas Raras da Califórnia. As variedades anãs foram desenvolvidas para jardinagem em recipientes.

Loading...

Crescimento da raiz

A maioria das raízes alimentadoras cresce até 15 cm na parte superior do solo, segundo o site de Recursos Naturais e de Agricultura da Universidade da Califórnia. As raízes crescem para fora do tronco da árvore em todas as direções.

Elas preferem o solo solto e com boa drenagem, e podem tolerar condições ácidas ou alcalinas, segundo o site dos Produtores de Frutas Raras da Califórnia. O sistema radicular altamente competitivo do abacateiro bloqueia as plantas próximas que procuram por água, ar e nutrientes. As raízes fortes e agressivas podem rachar e quebrar a calçada enquanto crescem.

O sistema radicular expansivo de grande alcance indica que as árvores de abacate devem ser plantadas pelo menos a 30 metros de edifícios e outras árvores em ambientes de paisagem, de acordo com o site de serviço da Universidade da Flórida.

Considerações

A natureza superficial do sistema radicular torna o abacateiro suscetível a danos causados por encharcamento. Se as raízes ficarem molhadas, os nutrientes são perdidos e o crescimento é atrofiado. Em inundações prolongadas ou solo saturado, a árvore morre. O solo constantemente úmido também pode levar a uma infecção de raiz conhecida como fungos Phytophthora, que reduz o crescimento e a produção de frutos, de acordo com o site de serviço da Universidade do Havaí.

Propagação

Os abacateiros comerciais são propagados por enxertia de brotos de árvores maduras em mudas ou porta-enxerto, de acordo com o site de serviço da Universidade do Havaí. O rendimento e a qualidade dos frutos variam amplamente entre as árvores cultivadas a partir das sementes, e são mais consistentes nas cultivadas por porta-enxerto.

A maioria dos abacateiros comerciais e de paisagem é propagada por enxertia e não por sementes (avocado image by Sergey Goruppa from Fotolia.com)

O cultivo

Os abacateiros produzem frutos mais abundantes quando cultivados a pleno sol, devendo ser regados somente durante os períodos de seca prolongada.

As árvores propagadas da semente normalmente produzem frutos em cinco a oito anos após o plantio, enquanto que árvores originadas da enxertia começam a produção de frutos de três a cinco anos, de acordo com o site de serviço da Universidade do Havaí.

Cuidado

Os abacateiros de sementeiras ou de enxertia obtidos de viveiros devem ser plantados em um buraco que seja um pouco mais largo do que a esfera da raiz e coberto com solo argiloso, solto, segundo o site de Recursos Naturais e de Agricultura da Universidade da Califórnia. Porque o sistema radicular é sensível a batidas, rupturas e danos, a esfera da raiz deve ser lentamente diminuída no buraco sem perturbar as raízes. Uma cobertura de solo misturada ao solo promoverá a aeração e drenagem, mas o adubo deve ser mantido a pelo menos 15 cm de distância do tronco.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...