Consigo ser elegível ao seguro desemprego se eu peguei licença e fui demitido em seguida?

Escrito por sue-lynn carty | Traduzido por raissa junker
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Consigo ser elegível ao seguro desemprego se eu peguei licença e fui demitido em seguida?
Se o seu chefe te demitiu por justa causa, você não poderá solicitar o seguro desemprego (Christopher Robbins/Digital Vision/Getty Images)

Se o seu empregador te demite porque você tirou uma licença, a demissão não te desqualifica automaticamente de ser elegível para receber benefícios de desemprego. O maior fator para determinar a sua elegibilidade aos benefícios é a razão pela qual o empregador deixou você ir. Ser demitido simplesmente por ter tirado uma licença, não costuma impedir alguém de receber um seguro desemprego.

Outras pessoas estão lendo

Sobre licenças do trabalho

Se você for se ausentar do trabalho por um período prolongado, é necessário que você dê um aviso prévio ao seu gerente e obtenha uma aprovação. Se você tirar uma licença de ausência e não voltar ao seu emprego após o período, não é garantido que você consiga solicitar o seguro desemprego. No entanto, se você voltar ao trabalho e seu empregador te demitir, sem justa causa, então você é elegível para benefícios de desemprego.

Rescisão válida

Razões válidas para a rescisão incluem roubo, fraude, falsificação de documentos, teste de álcool, insubordinação, roubo, mau uso intencional de propriedade da empresa e equipamentos, atrasos inúmeros ou um histórico de falta ao trabalho, sem contato com seu empregador. Se o seu empregador lhe deu uma licença de ausência involuntária como medida disciplinar, devido a qualquer do comportamento descrito acima e seu comportamento não mudou após o seu retorno ao trabalho, o empregador pode demiti-lo por justa causa. Dessa forma, você não pode solicitar o seguro desemprego.

Se você tirou uma licença voluntária de ausência, não tem um histórico negativo com a empresa e, mesmo assim, for demitido após seu retorno, o empregador não tem justa causa. Isto significa que você pode receber seguro desemprego.

Rescisão inválida

Se você retornar de sua licença e seu empregador decidir que você não está executando suas funções de trabalho de forma satisfatória, esta não é uma razão válida para a rescisão. Neste caso, você é um candidato ao seguro desemprego. Outros motivos de rescisão inválida são a falta de capacidade para realizar suas funções de trabalho, diferença de personalidade com outros empregados, erros menores ou discussões. Nesses casos, você ainda deve ser elegível para receber benefícios de desemprego.

Considerações

A maioria dos estados tem suas peculiaridades no que tange às leis trabalhistas. Isso significa que você pode sair do seu trabalho à vontade e seu empregador pode rescindir seu contrato de trabalho, também, à vontade. No entanto, com seguro desemprego, as razões pelas quais o seu empregador deixa você ir, determinarão sua elegibilidade para receber o seguro. Seu antigo empregador tem o direito de lutar contra o seu pedido de seguro desemprego. Caso a agência desemprego decida negar-lhe o subsídio com base nas razões que seu empregador teve para te demitir, você tem o direito de recorrer dessa decisão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível