Três exemplos de empresas individuais

Escrito por april lee | Traduzido por ludmyla dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Três exemplos de empresas individuais
Uma única pessoa constitui uma empresa individual (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Uma empresa individual é um tipo de negócio em que uma empresa é legalmente constituída por uma única pessoa e é vista como qualquer outra pelos olhos da lei. O proprietário detém toda a responsabilidade, o poder e os lucros (ou prejuízos), mesmo que o proprietário tenha funcionários. No entanto, as práticas de negócios podem mudar, dependendo do tipo de negócio feito pela empresa individual.

Outras pessoas estão lendo

Prestador de serviço independente

Também conhecido como "freelancer", um prestador de serviço independente oferece o mesmo produto ou serviço que um empregado na indústria. Em vez de trabalhar sob as regras da empresa, o freelancer negocia o trabalho em pé de igualdade com ela (contratante). Ele busca equipamentos e local de trabalho sem a ajuda do contratado, não recebe mais que instruções gerais do trabalho contratado e tem responsabilidade por qualquer dano legal que causar. Freelancers são geralmente ex-funcionários que trabalharam como empregados do setor por vários anos mas queriam um horário mais flexível, mais controle sobre o seu trabalho ou a liberdade de negociar seu próprio preço de trabalho. Junto com os lucros potencialmente mais elevados, um aspirante a trabalhador autônomo deve considerar os impostos adicionais que os empreiteiros independentes devem pagar, bem como os preços altos com o seguro individual, tais como saúde e cobertura dos negócios. Além disso, a menos que existam fundos disponíveis para a contratação de um advogado e contador, o freelancer deve executar essas funções sozinho.

Profissional

Empresários individuais trabalham como freelancers, apenas com algumas preocupações diferentes. Normalmente, este profissional trabalha em um campo com uma longa tradição e reputação, o que significa a necessidade de participar de alguma associação profissional. Os clientes esperam que os profissionais defendam um código de ética relacionado com sua área específica. Qualquer disputa civil entre o profissional e o cliente irá considerar estas expectativas sociais. O governo tem uma lista de regras a ser seguidas e licenças para obter e renovar além das licenças dos negócios em geral. Ao contrário do freelancer, que trabalha em indústrias, o profissional de negócios tende a ter mais funcionários. Um exemplo é um médico que precisa de uma enfermeira e de pessoal administrativo, para preparar os pacientes e manter registros médicos, ou um advogado com uma grande carga de trabalho, que precisa de um secretário e assistentes jurídicos para pesquisa. Com funcionários vem a responsabilidade pelo bem-estar deles durante o trabalho, não menor que em uma fábrica com milhares de trabalhadores.

Companhia de propriedade individual

Outro exemplo de uma empresa individual é uma empresa em qualquer lugar com alguns ou milhares de funcionários, mas que o fundador continua a ser o único proprietário. Como o crescimento deste tipo de negócio, o único proprietário tende a assumir funções de gestão superiores ou contrata alguém para administrar a empresa e simplesmente controla os lucros. Mesmo que esta operação cresça enormemente, o proprietário fica legalmente responsável por todos os negócios realizados. Se alguém processa judicialmente essa companhia e ganha, os bens pessoais do proprietário podem ser tomados para pagar os danos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível