O crescimento de fungos em um aquário

Escrito por christien aguinaldo | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O crescimento de fungos em um aquário
Água suja e de má qualidade é a principal causa do crescimento de fungos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As colônias de fungos se parecem com algodão e podem ser facilmente identificadas. Elas se formam, geralmente, em detritos, pedaços de madeira ou restos de comida presentes no tanque. Muitas vezes elas se proliferarão em áreas mal cuidadas ou cuja limpeza não é frequente. Os peixes de aquários contaminados são mais suscetíveis a doenças, infecções, lesões cutâneas e vários outros problemas de saúde.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Restos orgânicos e sujeira são as principais causas do problema. Os fungos em questão poderão se formar espontaneamente se houver más condições de higiene. A presença de madeira não tratada também poderá causar a formação desses organismos. Geralmente, ocorre ao mesmo tempo uma contaminação por bactérias.

Fungos verdadeiros e falsos

Fungos causarão, na boca do peixe, a formação de tufos brancos ou descoloração. Poderão haver ainda pontos brancos em outras partes do corpo, como nadadeiras e rabos, causados pelo mesmo problema. A contaminação de nadadeiras é bastante uniforme e é caracterizada pela formação de linhas e bordas branqueadas. Em uma infecção crônica, essas marcas terão uma coloração cinza claro e formarão conglomerados parecidos com algodão, geralmente na boca, que a maioria das pessoas pensará se tratar de fungos. Essas últimas infecções, são, na verdade, bacteriológicas e também denominadas de fungos falsos.

A bactéria causadora é a Flexibacter columnaris, e a infecção por ela causada tem uma aparência mais granulada e áspera, semelhante a úlceras. A infecção causada pelos fungos verdadeiros, por sua vez, se parece com algodão branco e se deve à baixa aeração da água, à presença de peixes em decomposição na água, no filtro ou no substrato e também a más condições de higiene.

Tratamento

Há medicamentos formulados especialmente para os peixes, e muitas pessoas usam preparados com eritromicina ou fenoxietanol. Se houver um filtro biológico em uso, ele poderá se danificar com esses antibióticos. É necessário, nesses casos, trocar o filtro e monitorar os níveis de nitrito e amônia depois de aplicar o produto, pois se estiverem altos demais os peixes poderão ser afetados.

Precauções

Coloque apenas a quantidade necessária de comida no tanque para que ela não se acumule no fundo. Esses acúmulos poderá causar a proliferação de organismos infectantes e devem ser removidos regularmente. Durante a limpeza, retire um terço da água do tanque e use um limpador de cascalho para tratar o substrato. Limpe bem os muros e o fundo do tanque para se livrar de todos os fungos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível