Como criar e cuidar de um caranguejo-ermitão selvagem

Escrito por jilayne siewert | Traduzido por marlon campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar e cuidar de um caranguejo-ermitão selvagem
Um caranguejo-ermitão (crabs leg on beach image by Melking from Fotolia.com)

Um caranguejo-ermitão selvagem não viverá muito tempo em cativeiro a menos que seu proprietário saiba como cuidar dele. Um caranguejo saudável é muito ativo, come de forma enérgica e não possui um casco protetor. Ao aprender a manter estas características, seu caranguejo-ermitão terá uma vida saudável por mais de cinco anos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Aquário de tamanho adequado
  • Tampa de aquário, filtro e bomba de ar
  • Iluminação de espectro completo
  • Condicionador de água para aquário
  • Termômetro
  • Aquecedor
  • Sal marinho para aquário
  • Decoração para aquário
  • Alimento para caranquejo em flocos, congelado, seco ou vivo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Prepare o aquário, preenchendo-o com água a uma temperatura entre 24 e 28 graus Celsius. Como a qualidade da água é fundamental para a saúde do seu caranguejo, ela deve ser testada em uma loja de animais para checar os níveis de pH e salinidade. Adicione a quantidade recomendada de sal marinho para aquário e condicionador de água.

  2. 2

    Conecte e ligue o filtro de aquário para ajudar a manter o ambiente estável e adicionar decorações para que o animal tenha alguns espaços adequados para se esconder; contudo, evite exageros, pois deixar o aquário muito cheio pode estressar o caranguejo-ermitão.

  3. 3

    Coloque o caranguejo no ambiente preparado e veja se ele manifesta algum sinal de estresse, como falta de apetite, perda de membros ou pouca movimentação. Se algum destes ocorrer, verifique novamente a qualidade da água.

  4. 4

    Alimente seu caranguejo uma vez por dia, colocando a comida no fundo do aquário. Como os caranguejos-ermitões gostam de enterrar a comida, retire os restos de comida uma hora após a alimentação.

  5. 5

    A temperatura da água e o filtro devem ser verificados diariamente, enquanto a qualidade da água e o nível de salinidade devem ser checado duas vezes por semana.

  6. 6

    Troque de 10 a 25% do volume de água a cada mês ou conforme for necessário.

Dicas & Advertências

  • Caranguejos se dão bem com outros da mesma espécie, mas lembre-se de aumentar o espaço caso adicione mais animais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível