Como criar uma planilha de folha de pagamento

Escrito por diondra jackson | Traduzido por marcela machado
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como criar uma planilha de folha de pagamento
As planilhas de folha de pagamento também podem ser utilizadas para calcular o pagamento líquido de um funcionário (calculation image by lefty from Fotolia.com)

As planilhas de folha de pagamento são utilizadas ao invés de cartões de ponto para o cálculo e controle dos horários dos funcionários. No entanto, às vezes, um empregador utilizará esse tipo de planilha para outras finalidades. Por exemplo, ele pode decidir utilizar a planilha de folha de pagamento para transferir os horários do cartão de ponto à planilha, a fim de calcular o pagamento líquido de um funcionário e emitir um cheque manual.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Abra seu programa de elaboração de planilhas e insira os títulos a seguir na linha superior: Funcionário, ID do funcionário, Salário base do funcionário, Horas trabalhadas, Horas extras, Pagamento bruto, Imposto de renda, Imposto federal, Imposto estadual e Pagamento líquido.

  2. 2

    Na planilha, insira os nomes dos funcionários, seus números de identificação e seu salário base para pagamento, além das horas regulares e extras trabalhadas.

  3. 3

    No campo de pagamento bruto, insira uma fórmula para calcular as células seguintes; a fórmula deve incluir o salário-hora multiplicado pelas horas trabalhadas mais o mesmo salário-hora multiplicado pelas horas extras e por uma taxa de 1,5. O cálculo contido no campo de pagamento bruto deve ser similar a: =C4D4+E4C4*1,5. C4 é o salário-hora, que é multiplicado pelas horas trabalhadas (D4), mais E4 (as horas extras) multiplicado por C4 (o salário-hora) e por 1.5, que corresponde à taxa de hora extra.

  4. 4

    Insira as suas fórmulas para Imposto de renda, Imposto federal e Imposto estadual. O cálculo de seu imposto de renda será similar a: =F40,0765, que corresponde ao pagamento bruto multiplicado pela alíquota atual do imposto de renda que, nos EUA, equivale a 7,65 por cento desde 2010. Essa alíquota deve ser ajustada se houver alterações ao imposto nos anos posteriores. O cálculo de seu imposto federal será similar a: =F40,12, que é o pagamento bruto multiplicado por 12 por cento ou pela alíquota correspondente ao seu imposto federal. O cálculo do imposto estadual será similar a: =F4*0,05, que corresponde ao pagamento bruto multiplicado por 5 por cento ou pela alíquota atual de seu imposto estadual.

  5. 5

    Insira também a fórmula do pagamento líquido, que será similar a: =F4-(G4+H4+I4), que corresponde ao cálculo do pagamento bruto (F4) menos os impostos de renda, federal e estadual. O resultado exibido no campo de pagamento líquido corresponde ao valor que será pago ao funcionário após os impostos serem deduzidos dos rendimentos brutos.

  6. 6

    Salve a planilha e utilize-a para diferentes funcionários, alterando os nomes, ID do funcionário e informações sobre seu salário-hora, se necessário.

Dicas & Advertências

  • Se for necessário fazer outras deduções (por exemplo, pagamento de seguro ou descontos em folha de pagamento), é preciso fazer ajustes adicionais similares às deduções fiscais. Verifique se as deduções devem ser feitas antes ou após o pagamento de impostos e ajuste-as conforme adequado.
  • Ao alterar as informações, clique em "Salvar como..." em vez de apenas salvar a planilha; dessa forma, você manterá a versão original intacta.
  • Quando as alíquotas dos impostos forem alteradas, será necessário modificar as fórmulas de sua planilha a fim de refletir informações fiscais atualizadas.

Não perca

Recursos

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível